AUMENTO: Motorista de furgão morre em acidente com caminhão em Luiz Antônio (SP). Foto: Reprodução/EPTV

De acordo com os dados do Infosiga, 67 cidades paulistas tiveram 223 ocorrências com mortes entre janeiro e julho; outros 5.672 tiveram feridos

Dados do Infosiga SP, do governo do estado, apontam alta de 29,27% nos acidentes com mortes na região de Barretos, entre janeiro e julho deste ano. As regiões de Ribeirão Preto e Franca, por outro lado, acumulam baixas de 3,7% e 6,8% nas estatísticas.

De acordo com o levantamento realizado dentro do programa “Respeito à Vida”, em 67 municípios das três regiões foram registradas 223 ocorrências que terminaram com mortes em 2020 em vias urbanas e rodovias.

Mesmo com a pandemia da Covid-19, quando a menor circulação de pessoas foi estimulada para conter o avanço da doença, 19 cidades da região de Barretos tiveram 53 ocorrências com mortes, diante de 41 no mesmo período do ano passado.

As estatísticas estaduais também mostram que quase a metade das ocorrências com mortes foi em 25 cidades da região de Ribeirão Preto, com 102 acidentes – contra 106 em 2019. Destes, 51 ocorreram somente em Ribeirão, que sozinha teve alta de 6%. Sertãozinho teve outros 13 acidentes e os demais municípios, 38

Outros 68 acidentes foram registrados em 23 cidades da região de Franca, que somente em julho computou 24 ocorrências com óbitos, o triplo em relação ao ano passado.

Nas quatro maiores cidades da região – Ribeirão Preto, Franca, Sertãozinho e Barretos -, a maior parte desses acidentes acontecem na tarde do sábado e na noite do domingo e predominam as mortes causadas pelo envolvimento de outros automóveis e autolesões.

Acidentes sem mortes

Nos 67 municípios do estudo, o Infosiga SP também confirmou outros 5.672 acidentes com vítimas sobreviventes em sete meses, número 11% menor na comparação com 2019, quando ocorreram 6.379 registros.

Mais da metade dessas ocorrências ocorreu na região de Ribeirão Preto, com 3.006. A área circunscrita a Franca fechou o período com 1.684 acidentes e a área de Barretos, 1.180.

Fonte: Portal G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui