Jovane Carvalho Zamurio, de 13 anos, e Ramão Neiro Gonzaga morreram atropelados por uma ambulância do município de Caracol na noite de ontem (5 de dezembro), quando trafegavam de bicicleta pela rodovia MS 384, em Bela Vista, 310 quilômetros de Campo Grande. Eles estavam no sentido Caracol, quando foram atingidos pela Parati placa HQH 8849 ao cruzar a estrada. O motorista, Carlos Pereira de Lima, pediu socorro a moradores da região.

Os garotos foram levadas para o Hospital Municipal São Vicente de Paula, ambos em estado grave com traumatismo craniano e diversas fraturas pelo corpo. Não havia médico plantonista no local. Um médico foi chamado às pressas e constatou que Jovane já estava morto. Outros dois médicos também foram acionados. Ramão foi entubado e recebeu procedimento de reanimação, mas também não resistiu aos ferimentos e também faleceu, segundo informações repassadas pela administração da unidade.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Bela Vista, Marcius Cordeiro, o hospital agiu corretamente com os acidentados. Os médicos plantonistas da cidade estão em greve há cerca de uma semana. Cordeiro descarta, entretanto, negligência ou falta de atendimento no caso. A direção do hospital reconhece o problema [falta de plantonistas] e está reunida neste momento para encontrar uma solução para a situação emergencial que passa o município.

Conforme o delegado Cordeiro, o motorista foi ouvido e liberado em seguida. “Como ele não se evadiu do local do acidente e ajudou no atendimento, ele foi levado para exames”, explicou. A ambulância foi apreendida e vai passar por perícia.