Foi publicado hoje no Diário Oficial a Resolução Nº 4.826 da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres que autoriza início de operação de 9 praças de pedágio na BR-163/MS – trecho Divisa MT/MS – DivisaMS/PR – explorado pela MSVIA. A operação inicia em dez dias e os valores variam entre R$ 4,70 e R$ 7,20. O aumento foi de quase 50% em relação ao previsto no início do contrato, conforme pode ser lido no “Art. 3º Alterar, em consequência, a Tarifa Básica de Pedágio quilométrica reajustada, antes do arredondamento, de R$ 0,04498 para R$ 0,06488.”

Embora a ANTT não confirme no comunicado oficial, parte do aumento do pedágio é fruto da Lei do Caminhoneiro que permitiu a isenção de pedágio de eixo suspenso de caminhão vazio. No aumento concedido há poucos dias para as praças de pedágio da BR-163/MT a ANTT colocou esse custo na Resolução mas omitiu nesta.

Seguem as praças e tarifas básicas:

Praça de Pedágio 1: Mundo Novo R$ 4,70

Praça de Pedágio 2: Itaquiraí/Naviraí R$ 6,40

Praça de Pedágio 3: Caarapó R$ 6,50

Praça de Pedágio 4: Rio Brilhante R$ 6,50

Praça de Pedágio 5: Campo Grande R$ 7,20

Praça de Pedágio 6: Bandeirantes/Rochedo/Jaraguari R$5,60

Praça de Pedágio 7: São Gabriel do Oeste/Camapuã R$ 5,50

Praça de Pedágio 8: Rio Verde de Mato Grosso R$ 7,20

Praça de Pedágio 9: Pedro Gomes/Sonora R$ 5,40

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui