COMBATE À CLANDESTINIDADE: Começa nesta segunda (13) a "Operação Fronteiras", na qual apertará o cerco contra ônibus e caminhões, que forem flagrados fazendo transportes irregulares de cargas e de passageiros, respectivamente, nas estradas brasileiras. A ação é da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Foto: Divulgação/ANTT

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), ação denominada “Operação Fronteiras” será entre os dias 13 e 17 em 14 cidades fronteiriças

Ônibus e caminhões que forem flagrados fazendo transportes irregulares de cargas e de passageiros, respectivamente, nas estradas brasileiras serão autuados e apreendidos, conforme diz a lei. Essa é a promessa da Agência Nacional de Transportes Terrestres  (ANTT, que implanta nesta segunda-feira (13), uma operação no âmbito nacional chamada de “Operação Fronteiras”.

De acordo com a Agência, a ação terá o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e de outros órgãos federais, e será desencadeada nas fronteiras com os seguintes países: Uruguai, Argentina, Paraguai, Bolívia, Peru, Venezuela e Guiana.

Ainda de acordo com a ANTT, o foco é fiscalizar, com mais rigor, o transporte rodoviário internacional de cargas e de passageiros, e assegurar aos usuários a adequada prestação de serviços de transportes terrestres.

Segundo a Agência, a “Operação Fronteiras” vai focar principalmente na regularidade e conformidade do transporte rodoviário internacional de cargas e passageiros, além de atuar também no combate ao transporte clandestino. A ação segue até o dia 17 e ocorre em 14 cidades localizadas em regiões de fronteira ao longo do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui