EFETIVO PRESENTE: A atuação efetiva dos policiais rodoviários do Mato Grosso do Sul foi fundamental para a eficácia da Operação Carnaval 2019, nas rodovias estaduais. Resultado? Menos acidentes e mortes. Foto: Divulgação

Dados foram divulgados nesta quinta-feira (7) e mostram registro de sete acidentes com três vítimas graves e duas mortes

O Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPMRv), de Mato Grosso do Sul, divulgou nesta quinta-feira (7) o balanço da “Operação Carnaval 2019”, realizada entre 1º e 6 de março, nas rodovias do Estado, que teve sete acidentes, com três pessoas feridas gravemente e duas mortes.

Segundo o comando, a fiscalização intensiva com a presença policial militar em pontos e horários sensíveis nos quase 15 mil quilômetros de rodovias estaduais foi fundamental para o combate aos abusos.

Além disso, a Polícia Militar Rodoviária fiscalizou e abordou 3.645 veículos, autuou 576 veículos.

Na Operação Carnaval 2019, foram empregados 40 policiais militares diariamente distribuídos em 12 Bases Operacionais Rodoviárias fixas distribuídas pelos municípios de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Bonito, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, e 15 equipes volantes que percorreram pontos e horários sensíveis e vulneráveis das rodovias estaduais.

PONTOS CRÍTICOS: O efetivo dos policiais rodoviários foi distribuído nos principais pontos das rodovias do MS, onde, historicamente, há mais imprudência dos motoristas e maior incidência de acidentes. Foto: Divulgação

Os policiais também recolheram 14 CNHs, prenderam seis pessoas, duas sendo por porte ilegal de armas, apreendeu 395 munições e 12,8 kg de maconha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui