Por volta das 20h00min, deste domingo (04), um gravíssimo acidente ocorrido na Rodovia PR 580, entre Umuarama ao distrito de Serra dos Dourados, matou quatro pessoas e deixou outras duas em grave estado.

A colisão ocorreu aproximadamente dois quilômetros depois da entrada da usina, entre Umuarama e Serra e envolveu um caminhão bi-trem canavieiro com placas ASA 7685 e uma caminhonete F 250 com placas de Umuarama

Conforme relatos da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Cruzeiro do Oeste, o condutor do caminhão saiu de uma estrada rural e entrou na rodovia seguindo no sentido Umuarama a Serra. Pelo tamanho do caminhão, o motorista fez uma curva aberta, invadindo a pista contrária para depois entrar por completo na sua mão de direção.

Durante esta manobra, a caminhoneta F 250 que transitava no sentido contrário, entre Serra a Umuarama, não conseguiu desviar e acabou batendo no rodado traseiro do bi-trem canavieiro. No interior da caminhonete estavam seis ocupantes, dois irmãos e quatro mulheres.

Com o impacto, a F 250 pegou fogo e quatro ocupantes acabaram morrendo queimados no local. Três foram a óbito ainda dentro do veículo e uma vítima, que foi retirada das ferragens por viajantes que passavam pelo local, não resistiu e morreu antes de ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros.

Conforme relatos do Instituto Médico Legal de Umuarama, Willian Schramm, Ingrid Cetinic, Michele Paz e Camila Oliveira vieram a óbito ainda no local do acidente. Fernando Romão da Silva, 28 anos e Natália dos Santos Zanon, 20 anos, chegaram a ser socorridos e encaminhados em estado gravíssimo ao hospital de plantão em Umuarama. Entretanto, Natália não resistiu e faleceu no hospital, elevando para cinco o números de mortos. Até a postagem desta matéria, Fernando Romão da Silva ainda estava internado e correndo risco de morte.

O motorista do caminhão bi-trem entrou em choque e também teve que ser encaminhado pela ambulância da usina até o hospital em Umuarama.

As equipes do Corpo de Bombeiros tiveram muito trabalho para retirar os corpos, que estavam carbonizados e encarcerados no meio das ferragens. Foi necessário o uso de equipamentos especiais que ajudaram na retiradas dos corpos.

Amigos das vítimas informaram que os ocupantes estavam retornando de uma festa em Icaraíma. Todos são moradores em Umuarama. Eles ainda informaram que entre as vítimas, há dois irmãos, sendo que um deles, o motorista da F 250, trabalha como chefe de oficina na empresa John Deere.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui