Carretas já trafegam nos dois sentidos da BR-163/PA, desde a tarde de ontem (7). Foto: Divulgação

Segundo ministro, pavimentação do trecho ainda em 2019 é prioridade do Ministério da Infraestrutura e DNIT

A rodovia BR-163/PA está liberada para o tráfego de carretas nos dois sentidos da via, desde essa quinta-feira (7). Com isso, as carretas que se destinam aos Portos de Miritituba estão trafegando normalmente.

O Governo Federal deu atenção total para que o trânsito na região voltasse a fluir o mais rapidamente possível. O Diretor Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) e o Diretor de Obras de Cooperação (DOC) do Exército acompanharam a questão in loco desde segunda-feira passada (4), a partir de alinhamentos com as equipes locais.

Nos dois últimos dias, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, percorreu todo o trecho, para apoiar pessoalmente os trabalhos realizados.

Ele também participou de reuniões de coordenação e avaliação com as equipes que estão atuando 24 horas diárias na operação e conversou com vários caminhoneiros sobre as ações tomadas para o melhor atendimento das suas necessidades.

O ministro informou que a conclusão do trabalho de asfaltamento do trecho é prioridade no Ministério e no DNIT em 2019, tendo em vista a importância da via no escoamento da safra de grãos.

Ele explicou que o Governo Federal está empenhado e garantirá as ações e recursos necessários para que a BR 163 esteja pavimentada até o final do ano. “2019 será o último ano em que teremos essa dificuldade no trecho. A BR-163 é prioritária para nós. No ano que vem, essa pista estará asfaltada para o transporte da safra”, pontuou.

Ontem, o sentido sul já havia sido liberado, com o tráfego de 1.200 veículos que retornaram dos portos, antecipando o cronograma inicialmente previsto em dois dias.

A restauração do tráfego só foi possível após o intenso e bem-sucedido trabalho realizado pelas equipes do DNIT, do Exército e da PRF.

Eles atuaram para recuperação emergencial da região, realizado intervenções nos trechos degradados pela chuva e pelo aumento do aproximadamente 50% no tráfego.

INTERAÇÃO: Ministro Tarcísio de Freitas esteve no local interditado e conversou com os caminhoneiros. Foto: Divulgação

A operação conta com apoio da Polícia Rodoviária Federal, que realiza ações de orientação e a fiscalização, evitando a formação de filas duplas que interrompam o tráfego.

Além disso, o Exército apoiou os motoristas com alimentação, distribuição de água nas filas e assistência médica.

Horários de tráfego

A partir da liberação emergencial dos veículos, o trânsito de carretas na região ocorrerá alternadamente em sentido único, das 6h às 22h, com controle de “pare e siga”.

A operação será mantida por todo o inverno, com o objetivo de evitar novas paralisações. Durante as madrugadas, as equipes do Exército e do DNIT realizarão as obras de manutenção e recuperação que forem necessárias.

A partir de hoje, o tráfego de caminhões a partir de Guarantã do Norte/MT também foi liberado mediante pesagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui