REVITALIZADA: A BR-343, no Piauí, foi entregue ao tráfego na sexta-feira (19), com 52 km de pista revitalizada, sendo 26,9 km de pistas, entre os km 305 e 332; e 25 km de travessias urbanas de Altos e Campo Maior a um custo de cerca R$ 20 milhões. Foto: Divulgação

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), obras foram realizadas em 26,9 km de pista e 25,1 de travessias urbanas no norte do estado

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) liberou ao tráfego na sexta-feira (19) 52 quilômetros de pista revitalizada na BR-343, no estado do Piauí, sendo 26,9 km de pistas, entre os km 305 e 332; e 25 km de travessias urbanas dos municípios de Altos e Campo Maior a um custo de cerca R$ 20 milhões.

De acordo com o Dnit, o trecho revitalizado da BR-343, subtrecho Teresina-Piripiri, é fundamental às cidades do norte do estado, pois trata-se de um corredor de ligação entre essa região e a capital, representando a principal via de acesso ao litoral piauiense, bem como à ligação com a BR-222, que dá acesso ao estado do Ceará.

Ainda de acordo com a Autarquia, com o aumento do volume de tráfego, ocorreu o desgaste natural do revestimento em CBUQ, necessitando de um novo revestimento asfáltico. A autarquia elaborou um projeto CREMA, que contempla a execução de serviços de restauração combinados com a manutenção, cuja solução adotada para revitalização da rodovia foi a execução de uma capa asfáltica em CBUQ em alguns segmentos, e em outros a solução da capa asfáltica em CBUQ acrescida de Micro Revestimento na pista de rolamento.

Segundo o Dnit, os resultados esperados com a execução dos serviços de pavimentação asfáltica do segmento em questão visam proporcionar conforto e segurança no tráfego rodoviário desta região, promovendo maior mobilidade ao fluxo de veículos no segmento rodoviário, cujo pavimento encontrava-se muito desgastado com buracos e trincamentos.

Sobre a BR-343

A BR-343 é uma rodovia diagonal do Piauí, que liga o litoral ao sul do estado. Seu ponto inicial fica na cidade de Luis Correia e o final na cidade de Bertolínia, passando pela capital Teresina, com uma extensão total de 742,8 quilômetros.

É uma rodovia genuinamente piauiense, tendo início e fim dentro do estado e é de extrema importância para o estado, pois além de fazer a ligação da capital ao litoral do estado, proporcionando o desenvolvimento do turismo, faz a ligação de Teresina à região dos cerrados no sul do estado, onde se concentra o agronegócio no Piauí, atividade que vem crescendo a cada ano e impulsionando a economia do estado com a produção de grãos, especialmente a soja.

No Piauí, a BR-343 permite acesso aos municípios de Luís Correia, Parnaíba, Piracuruca, Piripiri, Campo Maior, Altos, Teresina, Água Branca, Demerval Lobão, Monsenhor Gil, Lagoa do Piauí, Pedro II, Angical do Piauí, Amarante, Floriano, Jerumenha e Bertolínia, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui