CONTRABANDO: Uma carga de cigarros avaliada em R$ 1,7 milhão, segundo estimativa da Receita Federal, foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF),na Rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), em Magé, na Baixada Fluminense. O caso aconteceu na tarde de sábado (16). Um homem, de 35 anos, foi preso pelo crime de contrabando. Foto: Divulgação

Contrabando vindo do Paraguai tinha mais de 250 mil maços de cigarros dentro do caminhão

Uma carga de cigarros avaliada em R$ 1,7 milhão, de acordo com estimativa da Receita Federal, foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma abordagem na Rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), em Magé, na Baixada Fluminense.

O caso aconteceu na tarde de sábado (16). Um homem, de 35 anos, foi preso pelo crime de contrabando. Em ronda na Rio-Teresópolis, os policiais rodoviários federais abordaram um caminhão, que seguia sentido Rio de Janeiro.

Ao realizar a fiscalização, o motorista, que era residente de Linhares/ES, apresentou sinais de nervosismo e informou que o veículo estava carregado de papelão.

Em seguida, os policiais retiraram parcialmente a lona que cobria a carga e constataram que se tratava de cigarros importados, trazidos do Paraguai. Havia 284 mil maços.

Ao ser perguntado sobre a procedência do ilícito, o condutor afirmou que um homem lhe ofereceu a quantia de R$ 6 mil para transportar os cigarros do terminal Fernão Dias em São Paulo até o Estado do Rio de Janeiro.

O caminhão partiu em direção ao RJ, na manhã de quinta (14). A carga seria entregue na BR-040, na altura de uma lanchonete, em Duque de Caxias, a alguém que ele disse não conhecer. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal na Praça Mauá. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui