Dilma vai tirou direitos dos motoristas empregados para acabar com a paralisação dos nas estradas e milhares de pessoas vão morrer

Ao sancionar a nova lei que revoga a Lei do Descanso dos Motoristas Profissionaisa Presidenta Dilma mancha com sangue sua história e de seu partido. O Estradas.com.br há mais de 16 anos defende a limitação de jornada de trabalho dos motoristas profissionais que tem provocado cada vez mais acidentes e levaram muitos motoristas a cair nas drogas para suportar a jornada. Não existe categoria profissional no Brasil com índice tão alto de uso de drogas, principalmente para sobreviver.

Não poderíamos deixar de externar nossa revolta com os desdobramentos de uma paralisação de caminhoneiros que veio sendo preparada há muito tempo. E nesse momento, pelo nosso compromisso com a redução dos acidentes, não poderíamos deixar de manifestar nossa indignação.

O Governo nitidamente não sabe o que fazer, só não quer diminuir o valor do diesel nem assumir responsabilidade sobre o aumento do frete. Com isso, os motoristas empregados serão o boi de piranha dessa relação, obrigados a trabalhar mais horas (até 12h/dia), descansar menos (De 11 h entre jornada baixa para 8h) e sujeitos ao desemprego, já que as transportadoras precisarão de menos motoristas para realizar as mesmas horas de transporte.

Os autônomos, que não conhecem o texto da nova lei e se agarram apenas na questão do tempo de direção contínua (Máximo de 4h para 5h30), vão ter um curto período de euforia mas logo se darão conta da armadilha criada pelos deputados da “Bancada da Morte”, que defendem o interesse do agronegócio, dos grandes embarcadores.

As consequências vão aparecer nas estradas com o aumento dos acidentes e mortes. E o debate sobre a Lei do Descanso deixou claro que os motoristas empregados estão órfãos , sem sindicato que dignamente os represente, com centrais sindicais que não merecem seu apoio e suporte. E abandonados a própria sorte por um Governo que deveria ser dos trabalhadores.

Existem várias formas de matar e a proposição de leis que são “assassinas” nas suas consequências, é uma delas. Todos os deputados da “Bancada da Morte” , políticos envolvidos, empresários, produtores rurais, beneficiados com essa lei monstruosa que foi sancionada, terão que conviver com esse peso e a cada acidente grave nas estradas, envolvendo motoristas profissionais, eles serão lembrados, se não nessa vida, no Juízo Final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui