Carreta tombou às margens da rodovia. Com o impacto, gás vazou de tanque, com risco de explosão. Motoristas devem pegar desvio, pois pistas ficam fechadas pelo menos até amanhã

A BR-040 foi interditada no fim da tarde desta segunda-feira, por causa de uma ocorrência com uma carreta de tanque com 24 toneladas de gás GLP. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o produto vazou  e a área teve que ser isolada. Especialistas são aguardados para a retirada do veículo e o cilindro com a carga. Porém, os trabalhos só começam na manhã desta terça, pois a atuação no período noturno é perigosa.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo tombou às margens da rodovia, na altura do KM 749, em Santos Dumont, na Zona da Mata, sentido Rio/BH.  O major Anderson Passos, comandante do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (Bemad) do Corpo de Bombeiros, informou que o vazamento ocorre em uma das válvuras do cilindro de gás. O oficial disse que a situação vem sendo analisada, para minimizar o tempo de fechamento da via.

No isolamento da área feito pelos bombeiros, até mesmo moradores vizinhos da BR foram retirados de suas casas. São 30 famílias, cerca de 120 pessoas desalojadas. O acidente foi na comunidade de São João da Serra, distrito de Santos Dumont. Segundo a PRF, o acidente aconteceu por volta das 17h, quando o motoristas saiu da pista e o veículo caiu de uma altura de 15 metros num talude. A empresa responsável pela carreta, a Rod Transportes, de Limeira, interior de São Paulo, foi comunicada e providenciou o envio de uma equipe especilizada para a retirada da carga em segurança.

O Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora foi acionado e tomou as primeiras providências, com a interdição da rodovia e isolamento de uma área de dois quilômetros. “A pista está totalmente interditada. Por enquanto, fizemos apenas o isolamento e estamos aguardando a empresa responsável para fazer o transbordo e retirada do veículo”, explicou a tenente Priscila Adonay. Militares do Pemad (Pelotão Emergências Ambientais e Resposta a Desastres), do 4º BPM de Juiz de Fora, seguiram para o local para assumirem a ocorrência.

Bombeiros fizeram uma varredura no Distrito de São João da Serra, onde moradores foram retirados de suas casas, no perímetro em que uma explosão poderia causar vítimas e danos. “Nós tiramos as pessoas da residência e acionamos a Defesa Civil. Há um cheiro muito forte de gás de cozinha. Por isso, fizemos um isolamento maior”, comentou a militar.

Com a necessidade de especialista para realizar o transbordo de carga e retirada do veículo, apesar da longa fila de veículos parados na região, não houve alternativas que permitissem o tráfego na via, mesmo que parcial. Sem previsão de quando a via será liberada, a PRF então sugeriu desvio que, no sentido Belo Horizonte, entra em Juiz de Fora, pega a MG-353, seguindo por Coronel Pacheco, até a MG-133, em direção a Tabuleiro, para enfim pegar a BR-265 até a BR-040, em Barbacena.

Fonte: ASCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui