ATENTOS: As rodovias do Sistema Raposo Tavares fazem parte da "Rota de Segurança", que garante mais segurança aos usuários das rodovias sob administração da empresa. Foto: Divulgação

De acordo com a concessionária responsável pelo Sistema Raposo Tavares vigilância contribui para solução de casos policiais

O corredor viário que serve de escoamento de fatia expressiva da economia no Centro-Oeste Paulista, composto pelas rodovias administradas pela concessionária CART, representa uma das rotas mais seguras para viajar no interior paulista.

De acordo com a empresa, o monitoramento realizado 24 horas por meio de um circuito de câmeras contribui com a preservação patrimonial da concessionária e serve, inclusive, no avanço de investigações policiais.

Para se ter uma ideia, em 2019, a concessionária atendeu a mais de 400 solicitações de órgãos de segurança pública na cessão de pesquisas e fornecimento de imagens. Tais imagens auxiliaram na elucidação de crimes como furtos, roubos, homicídios, tráfico de drogas ou ainda, casos de desaparecimento de pessoas.

De acordo com a CART, no caso mais recente, ocorrido na praça de pedágio na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), no km 453, as imagens analisadas por órgãos de segurança pública, cedidas pela concessionária, levaram até o suspeito de autoria e ajudaram na solução do caso em menos de 36 horas.

Monitoramento

Segundo a CART, o monitoramento de todo o sistema administrado é feito por mais de 400 câmeras instaladas em cada prédio, seja na sede administrativa, na rodovia, praças de pedágio e nas bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU). Caso haja uma ação suspeita, os operadores do Centro de Gestão de Segurança (CGS) entrarão em ação.

Ainda de acordo com a concessionária, este trabalho é desenvolvido com o apoio das polícias Militar, Rodoviária (PMRv) e Civil. “As rodovias administradas pela CART formam um importante corredor para a passagem da produção agrícola e industrial. A segurança oferecida pela conservação da malha rodoviária, monitoramento por câmeras e suporte ao usuário é determinante para que transportadores paulistas e de outros estados incluam o corredor em sua rota”, afirma o gerente de Operações da CART, Luis Santos.

Segundo o 1º tenente do 2º pelotão da PMRv de Presidente Venceslau (SP), Silvio de Oliveira Zandonadi, a dinâmica no relacionamento com a CART contribui com o trabalho de inteligência da corporação. “Sempre analisamos as imagens do circuito de monitoramento para esclarecer a autoria em acidentes, casos de roubo de carga, entre outros. A tecnologia que a concessionária oferece a serviço da segurança pública é de suma importância para nosso trabalho”, afirma o oficial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui