RISCO DE MORTE: A Citroën convocou nessa sexta-feira (25) os veículos C4 Lounge, DS3, DS4 e DS5 para reparo por apresentam problema no airbag. De acordo com a montadora, o defeito pode trazer "risco de morte" para o motorista e ocupantes. Foto: Divulgação

De acordo com a montadora, problema no airbag pode lançar fragmentos metálicos contra passageiros e ocupantes

Citroën convocou nessa sexta-feira (25) os veículos C4 Lounge, DS3, DS4 e DS5 para reparo por apresentam problema no airbag. De acordo com a montadora, o defeito pode trazer “risco de morte” para o motorista e ocupantes.

Veja os chassis envolvidos

  • C4 Lounge data de fabricação: 04/04/2013 até 12/04/2017 chassis de EG500080 até JG500699
  • DS3 data de fabricação: 22/11/2011 até 07/09/2016 chassis de CW501041 até HW500613
  • DS4 data de fabricação: 18/06/2012 até 11/05/2015 chassis de CY571921 até GY500172
  • DS5 data de fabricação: 13/03/2012 até 19/01/2017 chassis de DS500004 até JS500005

No comunicado a empresa informa que, em caso de colisão com intensidade suficiente para acionamento do sistema de airbag, pode ocorrer rompimento do insuflador e a possível projeção de fragmentos metálicos no interior do veículo.

Esse defeito poderá ocasionar danos físicos e/ou materiais aos ocupantes do mesmo e, em casos extremos, risco de morte, disse a montadora. A falha é a mesma vista no maior recall da história, dos airbags da Takata, mas ainda não há uma confirmação oficial de que os itens são da fabricante japonesa.

G1 procurou a Citroën para mais esclarecimentos, mas ainda não havia uma resposta até a última atualização desta reportagem.

Como fazer o reparo

Os proprietários dos veículos envolvidos deverão agendar junto a uma concessionária da marca a verificação e substituição, se necessário, do airbag do motorista para os modelos C4 Lounge DS4 e DS5 e, dos airbags frontais do motorista e do passageiro para o modelo DS3.

Para agendamento e mais informações a empresa disponibiliza o telefone 0800 011 8088 e o site www.citroen.com.br.

Fonte: Portal G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui