AIRBAG MORTAL: A montadora Citroën iniciou, nesta quarta-feira (30), o recall de mais de 20 mil carros da marca, devido a um problema no airbag dos modelos Aircross e C3 Picasso. Foto: Divulgação

De acordo com a montadora, mais de 20 mil carros foram convocados devido a problemas com airbags mortais da Takata

A montadora Citroën iniciou, nesta quarta-feira (30), o recall de mais de 20 mil carros da marca, devido a um problema no airbag dos modelos Aircross e C3 Picasso.

De acordo com a montadora, os convocados devem realizar a troca dos airbags frontais. O tempo da trocar é de apenas 1 hora, em média. O convocado deve agendar um horário em uma das concessionárias  Citroën.

Chassis convocados

Ainda de acordo com a empresa, os carros convocados para o recall foram fabricados em 2010 e 2011. Veja os chassis convocados:

  • Aircross: BB510370 a CB568366 – fabricados entre 27/4/2010 a 16/12/2011
  • C3 Picasso: AB539630 a CB569901 – fabricados entre 18/5/2010 e 16/12/2011

Importância

Segundo a Citroën, o mesmo recall já foi realizado em janeiro deste ano. Portanto, trata-se de uma nova convocação. No caso, no início de 2021,  alguns modelos apresentavam problemas com os chamados “airbags mortais”, de fabricação da Takata.

Segundo a montadora, é importante solicitar a substituição do componente com defeito. Isso porque os airbags com problemas, em casos de colisões, correm o risco de não abrirem da forma adequada. Assim, provocando projeção de fragmentos metálicos no interior do veículo e causando sérios ferimentos aos ocupantes dos carros. Mais informações pelo SAC, no  telefone 0800 011 8088 ou pelo site da Citroën.

1 COMENTÁRIO

  1. A Takata faliu e a Citroen está desativando os airbags, não trocando, por falta de insumos. Ou seja, vc fica sem airbag e nao consegue vender o carro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui