DISTORÇÃO: Marcação de quilometragem oficial é diferente do que consta no edital de concessão. Foto: Reprodução

Edital da concessão repete situação estranha de concessão original da Dutra

Quando a BR-116, entre o Rio e São Paulo, a Rodovia Presidente Dutra (BR-116) foi concedida para a NovaDutra, hoje pertencente ao grupo CCR, o Estradas.com.br alertou que tinha algo estranho no contrato de concessão porque a rodovia sempre teve 402 quilômetros de extensão e aparecia com 407 quilômetros. Logo que a concessionária assumiu, a Dutra “ENCOLHEU” novamente para 402 quilômetros. A situação era suspeita porque ao longo de 25 anos de concessão, essa diferença significava 125 quilômetros de rodovia (25 anos x 5 km ) que deveriam exigir investimento de manutenção mas que só existiam no papel.

Apesar dos vários alertas, essa “diminuição da rodovia” , NUNCA FOI TRANSFORMADA EM REDUÇÃO DO VALOR DO PEDÁGIO pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Agora, no edital da nova concessão que envolve a Dutra, entre São Paulo e Seropédica (RJ) e ainda trecho da Rio-Santos (Ubatuba-Itaguaí), aparece que a divisa da Dutra, entre Rio de Janeiro e São Paulo, está no Km 339,6 . Ora, novamente a BR-116 “CRESCEU” só que desta vez 6 quilômetros e não 5 quilômetros. Porque basta passar no trecho, entre Itatiaia (RJ) e Queluz (SP) e ver as placas indicando que a BR-116 no estado do Rio de Janeiro termina no Km 333,6.

Portanto, está na hora do Ministério da Infraestrutura explicar isso. Tem algo de muito estranho no ar. O documento do Programa de Exploração de Rodovias, o chamado PER, confirma nossa observação logo no início do Anexo II . Nós estamos atentos e esperamos que não se repitam erros do passado. A imagem do trecho tem link no google maps e pode ser acessado por qualquer usuário . Para encontrar com mais facilidade você pode clicar aqui e percorrer o trecho até a divisa com São Paulo, onde muda para o Km 0, no município de Queluz (SP). Da marcação Km 333 até o Km 0 são 600 metros, por isso, 333,6.

Quem passa pelo trecho diariamente tem condições de ver a placa no local, que confirma nossa informação e justifica nossa preocupação. RODOVIA NÃO ENCOLHE NEM AUMENTA COM AS CHUVAS E O SOL.

Esta discrepância, deixa sob suspeita a concessão que deve ser feita entre o trecho da Dutra em Seropédica até a divisa do Rio de Janeiro e Minas Gerais da BR-116, em Além Paraíba. É bom lembrar que a Dutra não será concedida integralmente para a nova concessionária mas apenas o trecho até o acesso a BR-465 em Seropédica(RJ). Dali até a divisa com MG será outra concessão da BR-116, conforme o próprio governo já deu a entender nas audiências públicas do lote da Dutra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui