Tanto os rio-grandinos quanto os pelotenses estão entusiasmados com as perspectivas de concretização de uma de suas principais reivindicações, a duplicação das rodovias BR-392, entre Rio Grande e Pelotas, e BR-116, entre Pelotas e Porto Alegre. Na quinta-feira, em Rio Grande, o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Vladimir Casa, confirmou para dezembro a conclusão das obras de duplicação da BR-392 e minimizou os reflexos da decisão do Tribunal de Contas da União que, mais uma vez, dia primeiro de março, suspendeu o início das obras na BR-116, e solicitou informações ao Dnit sobre o processo de licitação. Casa disse que as informações já foram enviadas.

BRs II

A construção do trecho entre os quilômetros 470,1 e 489 da BR-116, uma extensão de 18,9 quilômetros, na chegada de Pelotas, caberá à construtora SBS Engenharia, ao custo de R$ 95 milhões. No total, a duplicação exigirá R$ 1 bilhão. A empresa também trabalhará no contorno de Pelotas, na BR-392 e BR-116, fazendo duplicação, implantação de ruas laterais e restauração e implantação das obras de artes especiais (pontes e viadutos). A empresa já faz outras obras na região. Dentro da cidade de Pelotas, qualifica a avenida Fernando Osório, pertencente ao Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado, numa extensão de 7 quilômetros, obra que é financiada pelo Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento (Bird).

BRs III

Em Rio Grande, na área privada, a SBS é a responsável pela pavimentação interna em Concreto Betuminoso a Quente do pátio da empresa Martini Meat Armazéns Gerais. A área asfaltada chega a 3,3 mil metros quadrados. Entre as obras rodoviárias em execução na região Sul também estão o telamento e a construção de mata-burros na BR-471, trecho que passa pela reserva ecológica do Taim. A SBS mantém instalações industriais em Capão do Leão, gerando 250 empregos diretos e 780 indiretos. O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, está sendo esperado, amanhã, em Rio Grande, para a abertura da Feira do Polo Naval e confirmação de obras de infraestrutura na região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui