O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), diante da necessidade imposta pelas fortes chuvas que vem castigando todo o estado desde a última semana, está aumentando o seu efetivo humano e material, que está sendo utilizado na desobstrução e liberação das principais rodovias estaduais atingidas pelos temporais.

O órgão, desde a manhã de hoje, passou a empregar aproximadamente 120 homens, além de um vasto maquinário, composto por: 08 retro-escavadeiras, 06 pás-mecânicas, 04 escavadeiras hidráulicas, 02 tratores, além de 20 caminhões. O órgão salienta que os esforços estão concentrados na Região Serrana do Estado, onde equipes atuam nas rodovias RJ-130, RJ-142, RJ-148 e RJ-150, removendo barreiras, limpando pistas e refazendo trechos danificados.

É importante ressaltar que o progresso dessas ações está diretamente ligado a melhoria das condições climáticas. As equipes de trabalho emergencial continuam atuando intensamente nessas vias citadas acima, assim como as viaturas do BPRv (Batalhão da Policia Rodoviária Estadual) para organizar o tráfego local.

Segue abaixo balanço sobre as condições das rodovias estaduais:

– A RJ-142, que liga Nova Friburgo a Casimiro de Abreu, está com o tráfego liberado ao longo de toda sua extensão.

– A RJ-130, rodovia que interliga os municípios de Teresópolis e Nova Friburgo, está com o trânsito liberado em meia pista em diversos trechos, devido à queda de inúmeras barreiras e algumas erosões. A passagem deve ser feita com muita atenção, apenas para veículos leves. Equipes se encontram na estrada para melhorar as condições de tráfego.

– A RJ-150, rodovia que liga Nova Friburgo a Bom Jardim, segue com o tráfego interrompido na altura do município de Amparo. O DER está atuando na liberação da rodovia. A previsão do órgão é que o trecho possa estar liberado em meia pista até o final da tarde de hoje.

– A RJ-148, que liga Nova Friburgo a Carmo, está interditada na altura do Km 29,0,devido a uma erosão na pista. Homens e equipamentos já estão no local para executar o reparo do trecho, que poderá ser liberado ainda hoje.

– A RJ-172, que faz a ligação entre Macuco e Manuel de Moraes, segue liberada apenas veículos leves, com limitador de altura no local, para controlar o acesso a ponte na localidade de Manoel de Moraes.

– A RJ-146 ainda está interditada devido às pontes que cederam no trecho entre o município de Bom Jardim e o distrito de Barra Alegre. Estudos estão sendo feitos para solucionar a questão.

– A RJ-162 está funcionando apenas meia pista do Km 73 ao Km 74. Um bueiro estourou arrebentando parte do asfalto da estrada. Equipes estão no local trabalhando para liberar o trânsito. Essa rodovia liga o município de Rio das Ostras ao município de Trajano de Moraes, passando por Casimiro de Abreu e pela região serrana de Macaé.

– A RJ-194 está interrompida. O Rio Paraíba do Sul está aproximadamente 10 metros acima do nível e invadiu a rodovia numa distancia de 4 km de Gargaú. A expectativa é que a via comece a dar passagem amanhã, caso o Rio não volte a subir.

– A RJ-134 está interditada desde a entrada do município São José do Vale do Rio Preto até a BR-116 devido a várias quedas de barreiras, além da queda de duas cabeceiras da ponte logo no início da cidade. Funcionários e máquinas trabalham na limpeza e retirada de barreira, tendo que avaliar as medidas a serem tomadas com relação à ponte e erosões de pista.

– Em São Sebastião do Alto, a RJ-176 também está interditada devido ao transbordamento do Rio Grande. Medidas de reparo emergenciais já começaram na localidade.

O DER-RJ informa ainda que ocorreram problemas nas condições de tráfego na RJ-116, no trecho que está sob administração da concessionária Rota 116. Segundo a assessoria da Rota 116 a via está com tráfego liberado parcialmente nos km 75 e km 78, permitindo a passagem de veículos que levam auxílio as vítimas.

O procedimento de “Pare e Siga” está sendo adotado no km 92, na localidade do Vale do Tainá. Já o km 102, em Bom Jardim, continua sem passagem após a queda das pontes. Vale ressaltar que os usuários só circulem pela Região Serrana em caso de extrema necessidade, para que as vias fiquem livres para veículos de emergência. As praças de pedágios da Rota 116 em Itaboraí e Cachoeiras de Macacu estão recebendo as doações para Nova Friburgo, em uma ação rápida e eficiente, evitando que o fluxo de carros e caminhões com donativos aumentem nessa via. Maiores informações sobre a RJ-116, entrem no site: www.rota116.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui