Duas pessoas morreram e outras dezoito ficaram feridas num grave acidente envolvendo um caminhão e um ônibus da Gontijo na rodovia Rachide Rays, a SP-333 em Marília. O ônibus saiu de Foz do Iguaçu no Paraná com destino a Belo Horizonte em Minas Gerais, quando por volta das três e meia da manhã, no km 343, o motorista bateu na traseira da carreta que estava carregada com quase trezentas toneladas de madeira.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o caminhão estava parado na pista há mais de quatro horas com problemas mecânicos quando foi surpreendido com o choque na traseira. A PRE informou que não havia marca de frenagem do ônibus, o que pode ser um indício de que o motorista dormiua ao volante, principalmente porque havia uma faixa livre para ser feita a ultrapassagem com segurança. Segundo o motorista do caminhão, o local estava sinalizado com o triângulo. A pista ficou interditada por mais de uma hora e o congestionamento chegou a três quilômetros. As vítimas foram levadas para o Hospital das Clínicas em Marília.

O ônibus saiu de Foz do Iguaçu no Paraná com destino a Belo Horizonte

Em Tupã, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas depois que dois carros bateram de frente na vicinal Adelelmo Piva, que liga Tupã a Quatá. Um dos veículos tombou no acostamento e pegou fogo. O motorista de 38 anos, que seguia no carro sentido Tupã-Quatá, ficou preso nas ferragens e morreu no local. Os ocupantes do outro veículo foram encaminhados em estado grave ao Pronto Socorro do Hospital São Francisco.

E na rodovia Raposo Tavares, um carro capotou depois de atropelar uma capivara. O acidente ocorreu por volta das 22h30 deste domingo (21). O veículo, que seguia sentido Chavantes-Ipaussu, não teve tempo de frear quando o animal atravessou a pista. Os dois ocupantes do carro tiveram apenas ferimentos leves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui