TRISTEZA: Ex-prefeito de Diamantino (MT), Eduardo Capistrano e sua esposa, Suzana Dalmolin, moreram em acidente com moto na BR-163, após colisão frontal com carreta. Fotos: Ronez Cesar/Alvorada Informa e Arquivo Pessoal

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ocorrência foi registrada nesse domingo (3), durante passeio motociclístico. Eduardo Capistrano tinha 39 anos e Suzana Dalmolin, 35; casal deixou três filhos pequenos

Um acidente (sinistro) no km 299 da BR-163, em Alvorada do Sul (MS), na manhã desse domingo (3), envolvendo uma motocicleta BMW e uma carreta, matou o ex-prefeito de Diamantino (MT) Eduardo Capistrano, 39 anos, e sua esposa, Suzana Dalmolin, 35 anos, após colisão frontal entre os veículos, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ainda de acordo com a PRF, o casal fazia uma viagem com um grupo de motoqueiros rumo à cidade de Cascavel, no Paraná. Eles participavam de um passeio com um grupo de 11 casais e estavam em Nova Alvorada do Sul (MS) no momento do acidente.

Segundo a PRF, não há informações sobre o que teria provocado a colisão frontal. O casal morreu no local. O caminhoneiro não ficou ferido. O casal deixa três filhos, de 1 ano, 4 e 7 anos.

De acordo com os inspetores, devido à colisão frontal, as duas pistas da BR-163 foram interditadas, o que resultou em congestionamento de 20 quilômetros na rodovia.

Testemunhas

De acordo com informações do jornal Alvorada Informa, testemunhas contaram que em determinado trecho da rodovia, a pista ficou mais estreita. O ex-prefeito, que conduzia a moto, teria se desequilibrado e acabou batendo em outra motocicleta do grupo, quando perdeu o controle da direção e foi arremessado junto com a esposa contra uma carreta, que vinha na pista contrária.

A Polícia Civil irá investigar as causas do sinistro.

Ex-prefeito

Eduardo Capistrano foi prefeito de Diamantino (MT) na última gestão, de 2017 e 2020. Ele disputou a reeleição no ano passado, não teve votos suficientes.

Eduardo era filho do ex-prefeito e ex-deputado Erival Capistrano. Suzana era sobrinha do ex-prefeito de Nobres, Flávio Dalmolin, que morreu em abril deste ano em decorrência do coronavírus.

Nota oficial

O prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto, por meio de nota oficial, afirmou que a história de Eduardo ficará marcada na vida da população. “É com muito pesar que recebo a notícia do falecimento de Eduardo e Suzana Capistrano, estamos todos consternados com o ocorrido, deixando os votos de pesar de toda a administração. Ambos deixam um grande legado de trabalho e serviços prestados ao nosso município, mãe e pai de três meninos, serão lembrados pelo auxílio e dedicação à população”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui