Se a ida para o feriadão foi tempestuosa, o tempo abriu para os motoristas no retorno dos dias de folga. Essa era a avaliação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) até a 0h de hoje, quando 56,2 mil dos 100,5 mil veículos que se deslocaram pela freeway para o Litoral Norte já haviam voltado das praias pela rodovia.

O fluxo na manhã desta segunda-feira, embora intenso, é considerado dentro das capacidades da freeway e da ERS-040. Até as 7h30min, 8,8 mil veículos haviam passado pela praça de pedágio em Gravataí no sentido litoral-Capital. Durante o domingo, a volta fracionada provocou movimento intenso ao longo do dia, mas os ongestionamentos nem se comparavam aos registrados na sexta-feira.

A BR-290, a freeway, teve o pico ontem por volta do meio-dia, quando 85 veículos por minuto – o equivalente à capacidade total da rodovia – passavam pelo trecho na altura de Osório. O montante fez com que a Concepa, concessionária que administra a rodovia, liberasse o acostamento como quarta faixa – entre Osório e Santo Antônio da Patrulha – até as 19h. A pista, com velocidade limite de 70 km/h já havia sido testada no Carnaval deste ano.

– Esperamos um movimento intenso ainda na segunda-feira (hoje), mas, como a dispersão de veículos começou no domingo (ontem), ao longo de toda a manhã e à tarde, não devem se formar novos congestionamentos. O transtorno maior deve ocorrer no trecho entre Gravataí e Porto Alegre da BR-290, quando aqueles que voltam do Litoral irão encontrar os que se deslocam da Região Metropolitana para a Capital – projeta o chefe de Comunicação da PRF, Alessandro Castro.

ERS-040 teve tráfego intenso e problemas em Águas Claras

À tarde, quem optou pela Estrada do Mar não teve transtornos, assim como aqueles que se deslocaram no trecho gaúcho da BR-101. Já a ERS-040 registrou movimento intenso. O ponto crítico foi nas proximidades do pardal em Águas Claras, onde o congestionamento passou de 14 quilômetros. No total, a previsão era que 18 mil veículos usassem a rodovia para voltar das praias.

O retorno do litoral pela Rota do Sol também foi lento. Em alguns momentos, 30 carros ingressavam por minuto na estrada junto à BR-101, reduzindo a velocidade média para 20 km/h. Por volta das 20h, o tráfego caiu cerca de 60%. Já quem se deslocou ao interior do Estado enfrentou o tráfego forte da BR-386, no km 442, em Canoas, e no km 392, em Triunfo.

Fonte: ZH

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui