PANDA: O jogador de futebol Raldinei Torres Brito, de 23 anos, morreu em um acidente de trânsito no km 87,7 da BR-424, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Panda, como era mais conhecido, era goleiro. Foto: Divulgação

Raldinei Torres Brito tinha 23 anos e era conhecido como Panda. Ele atuou até o ano passado pelo Centro Limoeirense, equipe da Série A2 do Campeonato Pernambucano

Um jogador de futebol morreu em um acidente de trânsito no km 87,7 da BR-424, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. A vítima, Raldinei Torres Brito, tinha 23 anos e era goleiro. Panda, como era mais conhecido, atuou até o ano passado pelo Centro Limoeirense, equipe da Série A2 do Campeonato Pernambucano. A colisão aconteceu por volta das 22h50 da noite desta terça-feira (11).

Panda estava como passageiro em um carro, quando o motorista do veículo acessou a contramão da rodovia, batendo de frente com um caminhão. O motorista ficou ferido e foi socorrido para o Hospital Dom Moura, em Garanhuns. Já o atleta não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O condutor do caminhão não se machucou. A Polícia Civil de Garanhuns esteve no local e vai investigar o caso. O corpo de Panda foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de Caruaru.

Panda brilhou na classificação do Centro Limoeirense às quartas de final da Série A2 estadual no ano passado. O goleiro defendeu três pênaltis contra o Porto, de Caruaru. O clube chegou até a final da competição, mas foi derrotado pelo Petrolina, em novembro do ano passado. Na ocasião, um áudio atribuído ao goleiro circulou nas redes sociais. Na gravação, Panda pedia ajuda para voltar para casa após o jogo.

PANDA: Raldinei Torres Brito tinha 23 anos e era conhecido como Panda. Ele atuou até o ano passado pelo Centro Limoeirense, equipe da Série A2 do Campeonato Pernambucano. Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui