BR-163/PA: Obras da BR-163/PA foi citada pelo ministro substituto, Marcelo Sampaio, durante evento Paniel 2019, que aconteceu em Brasília (DF), nessa semana. Foto: Divulgação/Ilustrativa

Ministro substituto, Marcelo Sampaio, presidiu nessa quarta (27), evento que reuniu especialistas e representantes do setor privado e do poder público

Reforçar a aproximação do setor privado com o governo do presidente Jair Bolsonaro para o desenvolvimento da infraestrutura no Brasil. A afirmativa é do ministro substituto da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, durante a abertura do “PAINEL 2019 – Pacto pela Infraestrutura Nacional e Eficiência Logística”, promovido, na quarta-feira (27), pelo Instituto Besc de Humanidades e Economia.

O evento reuniu especialistas e representantes do setor privado e do poder público para discutir tecnologias, iniciativas e políticas públicas indicadas para o setor de infraestrutura de transportes e logística nacional.

Durante sua apresentação no painel “Perspectivas de Integração do Sistema de Transportes”, Sampaio enfatizou os trabalhos que estão em desenvolvimento no Ministério para minimizar as burocracias e entraves do licenciamento ambiental das obras de infraestrutura.

De acordo com o secretário, são iniciativas necessárias para o desenvolvimento da cabotagem e demais projetos que estão na pauta do governo, mas que precisam ser colocados em prática para o aumento da eficiência logística.

“A gente tem reforçado a importância dessa aproximação do governo com o setor privado. O ministro Tarcísio Gomes de Freitas sempre fala que o setor privado é a força motriz do nosso país, e de fato, é. Nós, como Ministério, temos buscado desburocratizar, modernizar a legislação, a regulação desse setor, de forma que possamos crescer ainda mais e tenhamos uma participação significativa na nossa matriz de transporte”, disse Sampaio, que presidiu o evento.

O ministro substituto destacou os principais pontos do Plano Nacional de Logística, que estabelecem corredores ferroviários, rodoviários e fluviais, e reafirmou a estratégia de implementar a infraestrutura multimodal no Brasil. “Temos PIB, população, dimensão territorial e mercado consumidor. Reunimos características interessantes para investir no Brasil e na área de infraestrutura”, disse. “O Brasil tem capacidade de se tornar efetivamente um país de destaque no cenário mundial”, completou.

BR-163/PA

Sampaio aproveitou para lembrar que falta muito pouco para conclusão das obras de pavimentação da BR-163/PA. “Estamos há poucos dias para fechar a pavimentação da BR-163. A expectativa é que, em um dia de sol, a gente encerre a pavimentação de um eixo estratégico que tem esse caráter de intermodalidade, e que conecta o centro da produção de soja até os portos fluviais em Miritituba (PA), de forma que nós possamos integrar rodovia com hidrovia”, finalizou. A pavimentação da BR-163/PA é uma das principais entregas do Governo Federal para 2019.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui