TRAGÉDIA: Grave acidente na MG-307, próximo a Grão Mogol (MG), mata cinco pessoas, e bebê, de 2 dias, sai ileso. Foto: Divulgação/Bombeiros

De acordo com o Corpo de Bombeiros (CB), ocorrência envolveu dois carros e uma carreta bitrem; entre as vítimas, funcionários da Prefeitura de Motumirim (MG); mulher deu à luz em Montes Claros e retornava à cidade; bebê de 2 dias sobreviveu sem ferimentos

Um grave acidente (sinistro) na MG-307, ligação entre a BR-251 e Grão Mogol, no Norte de Minas, envolvendo um Renault Kwid, um Fiat Uno e uma carreta bitrem, deixou cinco pessoas mortas, na noite desse domingo (15), de acordo com o Corpo de Bombeiros (CB).

Segundo os policiais, um ‘milagre’ aconteceu nessa ocorrência: um recém-nascido, identificado como Henry Mateus Alves Nogueira, com apenas 2 dias, estava no Renault e foi resgatado sem nenhum ferimento. A equipe dos bombeiros fazia o atendimento quando ouviram o choro de criança. Ao olhar novamente dentro do carro, encontraram o recém-nascido, que estava em baixo dos corpos.

Ainda de acordo com o CB, os dois automóveis bateram na bitrem, que saiu de uma estrada vicinal e entrou na rodovia. O Renault Kwid pertence à Prefeitura de Botumirim (MG) e transportava cinco pessoas, entre elas o recém-nascido e a mãe. No Uno, viajavam duas pessoas. O motorista, de 59 anos, morreu no local e o passageiro, de 30 anos, foi resgatado com escoriações e suspeita de fratura.

O bebê a o passageiro do Uno foram socorridos para o hospital de Francisco Sá. O bebê Henry foi transferido para a Santa Casa de Montes Claros na manhã desta segunda-feira (16). O estado de saúde dele é estável. O Corpo de Bombeiros não informou se o caminhoneiro ficou ferido nem tampouco se foi feito o teste do bafômetro nele.

Segundo a Prefeitura de Botumirim, a mãe deu à luz em um hospital de Montes Claros e estava retornando para a cidade quando aconteceu o sinistro. O motorista da prefeitura saiu por volta das 15h de domingo para buscar os pacientes em Montes Claros e a previsão era retornar por volta de 21h30.

O Estradas ligou várias vezes para a Delegacia de Polícia de Grão Mogol, que cuidará das investigações, mas não teve sucesso.

Veja quem são as vítimas fatais

  • Fernanda Caroline Alves Ferreira, de 23 anos (mãe de Henry)
  • Eliomar Célio Pereira dos Santos, de 47 anos (motorista da Prefeitura Municipal)
  • Sebastião Pereira dos Santos, de 50 anos (paciente)
  • Samara de Jesus dos Santos, de 18 anos (filha de Sebastião dos Santos)
  • José Alves de Souza, de 59 anos (motorista do Uno)

Ainda de acordo com a prefeitura, Sebastião havia feito uma cirurgia em Montes Claros e voltava acompanhado da filha. A prefeitura de Botumirim decretou luto oficial de três dias.

Segundo os bombeiros, os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Montes Claros. A Polícia Civil irá investigar as causas do sinistro.

MILAGRE: A enfermeira Priscila Karoline ampara o pequeno Henry a caminho do Hospital de Francisco Sá (MG).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui