A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), órgão vinculado ao Ministério dos Transportes, recebeu os estudos que visam à concessão de 493,3 quilômetros das rodovias BR-476/153/282/480, entre Lapa (PR) e a divisa SC/RS, passando por Chapecó (SC). O lote, previsto no Programa de Investimento em Logística (PIL), é um dos cinco novos trechos de rodovias que serão concedidos à iniciativa privada.

Os três estudos foram elaborados por cinco empresas, isoladamente ou em conjunto, meio de PMI (Proposta de Manifestação de Interesse), instrumento para aperfeiçoar a qualidade dos projetos e subsidiar a elaboração do edital de licitação. São elas: Concresolo Engenharia Ltda./ J. Malucelli Construtora de Obras S.A.; Planos Engenharia S/S LTDA/ TPI – Triunfo Participações e Investimentos S.A.; e Empresa Global de Projetos LTDA (EGP).

O trecho é estratégico para o setor pecuário do Sul do país, uma vez que vai otimizar o escoamento das principais zonas de carne para os portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR). Os documentos recebidos pela ANTT serão encaminhados à Comissão de Seleção, formada por membros da Agência, do Ministério dos Transportes e da Empresa de Planejamento e Logística (EPL). O trabalho do grupo vai subsidiar a decisão do ministro quanto aos estudos técnicos a serem selecionados e aos valores devidos a título de ressarcimento. As análises poderão ser utilizadas parcial ou integralmente na licitação (CM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui