COLISÃO: Duas crianças de 4 e 9 anos morreram em um acidente de trânsito registrado na BR-470, na localidade de Ribeirão Carvalho, em Apiúna, no Vale do Itajaí. A colisão entre dois veículos aconteceu na tarde deste sábado (21) e feriu com gravidade outras oito pessoas. Foto: Divulgação

Nos últimos dez anos tivemos mais de 1 milhão de vítimas de acidentes nas rodovias federais, dentre elas quase 80 mil mortos. Entre 2009 e 2018 foram pagas pelo DPVAT 485 mil indenizações para familiares de vítimas fatais em acidentes de trânsito em geral e milhões de indenizações por invalidez permanente.

Apesar da grandeza dos números, o tema não conseguiu nunca espaço compatível para debates na imprensa. Em 1 semana o CoronaVirus teve mais atenção dos meios de comunicação que a morte de 40 mil brasileiros no trânsito em 2019.

Reduzir acidentes não é prioridade dos governos nem mesmo da grande mídia. Para o Coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto, é preciso ouvir os Especialistas em Dor, ou seja, os familiares das vítimas e as próprias, talvez assim autoridades, imprensa e sociedade entendam que essa carnificina é possível evitar, principalmente punindo quem coloca a vida de terceiros em risco. Ouça o comentário clicando aqui:

1 COMENTÁRIO

  1. Como tivemos 40 mil mortes de trânsito em 2019 se em 10 anos tivemos 80 mil mortes registradas? Ocorreram 40 mil em 9 anos e outros 40 mil só em 2019 ? Óbvio que não, né? Na média, são 8 mil mortes anuais, o que é grave sim, mas não são 40 mil… E em 1 mês, teremos isso de coronavírus, e não em 1 ano!

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui