Depois de fugir dos policiais rodoviários nas rodovias Cândido Portinari e Ronan Rocha, o motorista de 25 anos acabou preso. Levado até a delegacia, o homem foi solto após pagar fiança de um salário-mínimo

Após furar o pedágio em alta velocidade, fugir da Polícia por mais de 20 quilômetros pelas rodovias Cândido Portinari e Ronan Rocha, um motorista, de 25 anos, que dirigia embriagado um Honda Civic, acabou preso durante a noite de sexta-feira (10), próximo à Unifran, em Franca (SP).

De acordo com o cabo Valério, da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o motorista passou em alta velocidade pela cancela da praça de pedágio de Batatais. A Polícia Militar foi acionada e começou a perseguir o Honda Civic.

Próximo ao trevo de Restinga, o motorista ignorou todos os sinais de parada e continuou fugindo no sentido Franca. Por mais 15 quilômetros o motorista foi perseguido pelos policiais até entrar na rodovia Ronan Rocha, onde próximo a Unifran, um cerco policial havia sido montado. O motorista finalmente parou e foi abordado pelos policiais.

Ainda segundo Valério, era nítido que o homem estava embriagado. O motorista se recusou a realizar o teste do bafômetro. No mesmo momento em que o homem era abordado, um outro motorista parou e disse aos militares que o condutor teria colidido contra a lateral de seu veículo, causando alguns danos.

O motorista do Honda Civic foi levado até a CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e fuga do local do acidente. Foi estipulado uma fiança, de um salário-mínimo, que foi paga. O homem foi liberado. Agora ele responderá pelos crimes em liberdade.

Fonte: Portal GCN Net

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui