BALANÇO: Concessionária Bahia Norte divulga balanço quye mostra queda de cerca de 20% no fluxo de veículos no Sistema BA-093. Fotos: Divulgação

De acordo com com a concessionária Bahia Norte, redução se deve ao período da pandemia do coronavírus

O movimento de veículos no Sistema BA-093 caiu cerca de 20%, entre os meses de janeiro e junho deste ano, se comparado ao mesmo período de 2019, de acordo com a concessionária Bahia Norte, responsável pelo trecho concedido.

Ainda de acordo com a empresa, circularam quase 9,5 milhões de veículos nesse primeiro semestre, enquanto no mesmo período de 2019, o total foi de cerca de 11,4 milhões. A redução está relacionada à pandemia do coronavírus, que impactou na movimentação de pessoas e mercadorias nas rodovias de todo o país.

Segundo a concessionária, apesar desse cenário mais restrito, os investimentos continuaram, bem como o atendimento aos usuários, assim como a qualidade do serviço, com melhorias na infraestrutura rodoviária, inspeção viária, socorro mecânico e atendimento pré-hospitalar.

Manutenção do emprego

A empresa informou que, mesmo com essa redução no tráfego, foram mantidos os empregos no quadro de colaboradores da concessionária, garantindo a segurança do pessoal em todas as áreas, com a criação de protocolos de saúde e treinamento das equipes em medidas de prevenção contra a COVID 19.

No primeiro semestre do ano, foram realizados mais de 60 km em manutenções nos trechos sob concessão e cerca de 9 mil atendimentos aos usuários, sendo 402 deles atendimentos médicos, 3.759 atendimentos mecânicos e mais 4.859 solicitações no mesmo período através dos canais de Ouvidoria e 0800 da Concessionária.

Ao todo, foram recuperados 11 quilômetros de pavimento, 1,5 quilômetro de drenagem e 530m de acostamento, além de requalificados 48,5 quilômetros de sinalização horizontal.

Os destaques ficaram por conta das obras da alça de acesso que conecta a Via Cascalheira à Via Parafuso e da marginal da BA-526, na altura do bairro Capelão, que trouxeram maior mobilidade e fluidez no tráfego das duas regiões.

Outra obra que se destacou foi a conclusão de serviços de geotecnia em trechos da BA-093, que garantiu a estabilidade do solo, mesmo com as fortes chuvas que atingiram a região no primeiro semestre. Para o segundo semestre, está previsto o investimento de mais de R$ 32 milhões em melhorias e obras importantes ao longo do Sistema BA-093.

De acordo com o diretor-presidente da Bahia Norte, Guilherme Eloy, os resultados são reflexo do trabalho incessante da concessionária, que não parou mesmo em meio à pandemia, reforçando o seu compromisso com a excelência do serviço. “Nossas equipes estão empenhadas ininterruptamente em buscar soluções e garantir atendimento de qualidade aos usuários dos trechos sob nossa responsabilidade”, destaca. “Por isso, pensamos em manutenções programadas e investimos em qualificação”, completa.

INVESTIMENTOS: Mesmo com queda no tráfego de veículos, Bahia Norte investiu em obras e melhorias no Sistema BA-093. Na foto, o SAU no complexo Viário BA-526/BA-535

Gerenciamento inteligente

Investimento em novas tecnologias de monitoramento e gestão rodoviária também marcou a atuação da Bahia Norte nos seis primeiros meses de 2020. Uma prova disso é a implantação de QR codes nas mais de 3 mil placas de sinalização vertical presentes nas rodovias do Sistema e o reforço do monitoramento das vias com o uso de scanners e drones.

A iniciativa visa auxiliar o trabalho de avaliação das equipes de operações da Concessionária, ajudando a identificar com mais precisão e eficiência necessidade de ajustes e intervenções, para garantir a fluidez viária, o conforto e a segurança dos usuários

Interlocução com o entorno e responsabilidade social

Consciente de seu papel social, no primeiro semestre de 2020, a Bahia Norte também foi responsável pelo desenvolvimento de ações de conscientização nas rodovias com temas como educação no trânsito, combate ao trabalho infantil e proteção às crianças e adolescentes.

Diante da pandemia do novo coronavírus, a concessionária buscou somar esforços no combate à COVID-19 atuando em duas frentes principais. Uma delas foi a doação de 3 toneladas de alimentos não perecíveis e 2.500 itens de limpeza e higiene pessoal para comunidades do entorno das rodovias do Sistema BA-093.

Ao todo foram beneficiadas 560 famílias diretamente e 2.500 pessoas indiretamente em nove localidades da região metropolitana de Salvador: Parafuso, Bosque das Bromélias, Caboto, Fazenda Madeira, Jardim Campo Verde, Quingoma, Palmares, Dandá e Pitanga de Palmares.

O outro braço contra a pandemia foi marcado por ações de apoio aos caminhoneiros, que realizam um serviço essencial e são responsáveis pelo transporte de itens para o abastecimento dos lares baianos. Iniciado em março, o projeto já atendeu a mais de 4.800 profissionais com orientações de prevenção, medição de temperatura corporal e higienização das cabines dos caminhões.

 Acompanhe o 1º semestre de 2020:  

Fluxo

9.593.440 veículos passaram pelo Sistema BA-093

Atendimentos

402 atendimentos médicos

3.759 atendimentos mecânicos

4.859 solicitações pela Ouvidoria e canal 0800

Serviços

11 quilômetros de recuperação de pavimento;

530m de recuperação de acostamento;

359m de nova drenagem;

1.534m de recuperação de drenagem;

308m de defensas metálicas trocadas

48,5 quilômetros de requalificação de sinalização horizontal;

24 unidades sinalização vertical substituídas

Mais de 3 mil placas com QR Codes

Apoio social

2 campanhas de conscientização realizadas

3 toneladas de alimentos doadas

2.500 itens de limpeza e higiene doados

9 localidades beneficiadas

560 famílias atendidas diretamente

2.500 pessoas impactadas indiretamente

4.800 caminhoneiros atendidos contra a COVID-19

Fonte: Assessoria de imprensa da Bahia Norte

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui