A chuva intensa que atinge Minas Gerais exige uma maior atenção por parte dos motoristas pois a pista molhada tende a provocar mais acidentes. De acordo com o Corpo de Bombeiros, pelo menos nove pessoas morreram em rodovias que cortam o Estado entre as manhãs de quinta (8) e sexta-feira (9).

Por volta das 6h40 de quinta-feira (8), uma pessoa morreu após uma batida entre uma van e um caminhão, na BR-040, KM 564, em Nova Lima. Houve cinco feridos. Já na madrugada desta sexta, na BR-381, na altura de Cotochés, um acidente entre um veículo de passeio e uma carreta provocou a morte de duas pessoas. E, por volta das 7h, no trevo de Ravena (Sabará) da mesma rodovia, um ônibus escolar bateu de frente com um veículo de passeio, causando a morte de quatro pessoas no local. Ainda na manhã desta sexta, pelo menos uma pessoa morreu em uma batida frontal entre duas carretas na MG-810, próximo a Frutal.

De acordo com o tenente Herman Ameno, do setor de comunicação do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, no início do período chuvoso, as rodovias tendem a ficar mais perigosas. “As primeiras chuvas fazem uma lavagem da pista. Assim, todo aquele óleo que está impregnado no asfalto torna a rodovia mais escorregadia nos primeiros dias”, explica.

Para evitar que tantos acidentes aconteçam, o tenente Herman Ameno tem várias orientações aos motoristas. Confira:

– Primeiramente, o motorista deve fazer um planejamento da viagem, buscando uma rota mais segura e prevendo os momentos de descanso, para não sentir sono no volante.

– É fundamental fazer uma revisão do veículo, verificando nível de óleo, freios, situação dos pneus, palhetas do para-brisa, cintos de segurança, faróis e luzes de ré.

– Há cuidados que valem para qualquer momento: usar o cinto de segurança corretamente, não utilizar o celular ao volante, não combinar álcool e direção.

– Durante as chuvas, é possível que haja uma neblina na estrada. Por isso, é importante ligar os faróis baixos, manter uma distância segura do veículo à frente, evitar realizar ultrapassagem em lugares inapropriados, não parar na pista nem trafegar pelo acostamento.

– Se houver uma aquaplanagem e o carro derrapar, o motorista deve manter a calma, segurar firme o volante e não frear. Não se deve mexer o volante para um lado e para o outro, é importante esperar o carro voltar ao trajeto normal.

– Se acontecer um acidente com você, saia do veículo e verifique se houve vítimas. Quem estiver bem deve sair do carro e ir para um local seguro, porque existe a possibilidade de o veículo acidentado ser atingido por outro. Faça a sinalização da melhor forma possível com o triângulo e galhos de árvore. Você pode chamar o Corpo de Bombeiros pelo 193, o Samu pelo 192 ou a concessionária.

Fonte: www.hojeemdia.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui