A fiscalização nas rodovias estaduais do Rio Grande do Sul já conta com um novo aliado. Com um maior alcance e mais memória do que os equipamentos utilizados anteriormente, 30 novos radares fotográficos passam a ser utilizados pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). O grande diferencial é que, ao contrário dos demais modelos, o controle da velocidade nas estradas tem continuidade depois que o sol se põe. “Ele permite a fiscalização de velocidade à noite, que é um tipo de fiscalização em que estávamos deficientes”, explicou o coronel Fernando Alberto Grillo Moreira, comandante do CRBM.

O equipamento tem sido utilizado em rodovias de Santa Catarina com excelentes resultados.

Além dos 30 entregues ontem, sábado dia 18, maiss 14 deverão ser apresentados até o mês de março. O investimento do Estado é de R$ 3,1 milhões. Segundo o comandante do CRBM, a corporação deve intensificar, a partir de agora, o trabalho de fiscalização noturna – já que além de permitir o registro fotográfico à noite, o aparelho tem uma autonomia de 8 horas de bateria. Segundo o fabricante, o alcance pode chegar a quase 2 quilômetros. “Mas, na fiscalização de rotina, acredito que vá ser utilizado na casa dos mil metros, o que é mais do que suficiente para as operações”, observou Moreira.

Os radares substituem os equipamentos utilizados anteriormente pelo CRBM, que eram de 2005. Cada aparelho será destinado a um grupo rodoviário. No Litoral Norte, serão nove unidades em funcionamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui