Grave acidente foi na serra da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, que dá acesso a Campos do Jordão, neste domingo (9); feridos foram encaminhados a hospitais

Um grave acidente na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), em Pindamonhangaba (SP), na noite desse domingo (9), envolvendo um ônibus de turismo, cinco carros e uma moto, deixou dez mortos, sendo cinco mulheres, três homens e duas crianças, além de 51 feridos, de acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

Ainda segundo os policiais, as causas do acidente serão apuradas, mas ao que se pode perceber o ônibus pode ter tido algum problema mecânico. O coletivo boltava de Campos do Jordão, transportando moradores do litoral de São Paulo, após excursão de um dia na cidade serrana por conta do Dia dos Namorados.

Entre os mortos, estão o pai a filha, que estavam em um dos carros atingidos; as demais vítimas estariam no ônibus. O passageiro Yango Mange, de 25 anos, foi o primeiro a ser reconhecido por parentes no Instituto Médico Legal (IML).

Pelas redes sociais, o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), prestou solidariedade às vítimas.

Acidente

Os bombeiros foram acionados por volta de 21h30 para atender à ocorrência próximo a um dos túneis da rodovia, logo após o trevo de acesso a Santo Antônio do Pinhal, na altura do km 31,6.

Segundo testemunhas, o coletivo desgovernado, aparentemente sem freio, tombou e atingiu outros cinco carros e uma moto. A empresa dona do ônibus, que levava ao menos 30 passageiros, é a Brasil Santana, de Praia Grande. O veículo levaria uma excursão de volta a Cubatão.

A rodovia ficou totalmente interditada desde o momento do acidente e foi liberada por volta das 6h desta segunda-feira (10).

A viação Brasil Santana foi procurada, mas não tinha se manifestado até a última atualização desta reportagem.

Feridos

As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Regional de Taubaté, Santa Casa de Pindamonhangaba e pronto-socorro de Campos do Jordão.

Ao todo, 28 das 51 vítimas atendidas em hospitais da região receberam alta médica até as 9h20:

  • Pronto-socorro de Campos do Jordão – 21 dos 30 atendidos no hospital tiveram alta;
  • Hospital Regional de Taubaté – cinco dos 16 socorridos na unidade já tiveram alta;
  • Santa Casa de Pindamonhangaba – dois dos cinco atendidos no local receberam alta.

    Testemunha

    Uma das vítimas, que capotou o carro ao menos quatro vezes, disse que viu pelo retrovisor o ônibus desgovernado descendo a serra.

    “O ônibus veio derrubando os dois carros atrás de mim, tirei o carro para o meio da pista, aí não vi mais nada, capotei umas quatro vezes. O ônibus veio perdido, a toda velocidade, batendo em todos que estavam à frente”, disse o professor Alécio Marinho, que é de Campos do Jordão e descia a serra sentido Pindamonhangaba, onde trabalha.

    De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) as autoridades irão analisar o tacógrafo do ônibus para saber as condições em que o veículo estava no momento do acidente.

    TRAGÉDIA: Pai e filha, de 4 anos, estão entre os mortos da tragédia que ocorreu na noite desse domingo (9), na SP-123. Foto: Divulgação

    Veja a relação das vítimas já reconhecidas, clicando aqui.

    Fonte: Estradas e Portal G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui