CERCO À CLANDESTINIDADE: Dos 3.422 veículos fiscalizados, a ANTT e a PRF apreenderam 218 por irregularidades. Fotos: Divulgação/ANTT

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), foram oito dias de fiscalização, entre 8 e 16 deste mês, em 27 pontos diversos do País

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) apreendeu 218 veículos durante os oito dias da ‘Operação Centauro’, que teve como propósito combater o transporte interestadual de passageiros não autorizado, o transporte clandestino.

Segundo a Agência a ação foi desenvolvida entre os dias 8 e 16 deste mês, tendo como resultado 3.422 veículos fiscalizados. Os valores das autuações chegam a R$ 6,3 milhões. Com essa fiscalização, intensificada em todo o país, a ANTT procura, principalmente, evitar que o clandestino circule, trazendo grandes riscos para a população.

Na operação Centauro, cerca de seis mil passageiros foram retirados de viagens não autorizadas e foram transferidos para o transporte legalizado. De acordo com a legislação, os passageiros que estão nos veículos flagrados irregulares são realocados em empresas autorizadas e as despesas dos bilhetes ficam a encargo dos infratores.

27 pontos distintos do Brasil

De acordo com a Agência, a Operação Centauro foi desencadeada em 27 pontos do Brasil, que contou com o apoio da Policia Rodoviária Federal (PRF), polícias militares estaduais e de outros órgãos da administração pública, como a Receita Federal e os Departamentos Estaduais de Estradas de Rodagem (DERs).

Ainda de acordo com a ANTT, a data da fiscalização foi escolhida em função do feriado prolongado do dia de Nossa Senhora Aparecida e do Dia das Crianças (12 de outubro), datas que tradicionalmente aumentam o número de viagens interestaduais.

Perigo

A Agência alerta para o perigo de contratar um transporte não autorizado. Geralmente, os veículos clandestinos trabalham com motoristas despreparados e cansados, em carros que podem ter a segurança, em geral, precária, por problemas como pneus carecas e freios sem manutenção. Além disso, existe também o risco do contágio pela COVID-19, uma vez que estas empresas não seguem normas sanitárias.

FORÇA-TAREFA: Equipes da ANTT, PRF polícias militares estaduais, Receita Federal e dos DERs foram fundamentais para o sucesso da ‘Operação Centauro’.

Mais informações sobre a legalidade da viagem ou denúncias de transporte clandestino, a Agência informa os canais da Ouvidoria:

  • WhatsApp (61) 9 9688-4306
  • Telefone 166
  • E-mail: ouvidoria@antt.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui