Operação da Via Expressa com pedágio começa a partir de 04 de janeiro

O segundo pedágio em estradas pernambucanas já tem data para começar funcionar e valor definido. A operação dos primeiros 13,6 quilômetros da Via Expressa, com destino ao Complexo de Suape e às praias do Litoral Sul, será iniciada a partir do dia 04 de janeiro de 2014. A tarifa básica para carros de passeio será de R$ 5,60. O valor será o mesmo tanto nos dias úteis quanto nos fins de semana. Motos pagam a metade. O trecho é administrado pela concessionária Rota do Atlântico responsável pela manutenção, ampliação, requalificação, operação, monitoramento e conservação de um trecho de 43 quilômetros que forma o Complexo Viário e Logístico de Suape, localizado entre os municípios do Cabo de Santo Agostinho e de Ipojuca.

A primeira etapa da rodovia liberada terá um trecho de 9 quilômetros de extensão, entre a TDR-Norte e Sul (no entroncamento da nova rodovia PE-009 com a PE-028) e a rotatória conhecida como Curva do Boi, já dentro de Suape. O outro trecho liberado, com 4,6 quilômetros de extensão, é a VPE-052, entre a PE-60 e a Avenida Portuária.
De acordo com a Concessionária Rota do Atlântico (CRA), entrarão em operação três praças de pedágio. A primeira é a TDR-Norte (acesso pela PE-28 dos motoristas que seguem do Paiva). A segunda é a do acesso principal de Suape (acesso pela PE-060). A última é da VPE-052 (acesso pela PE-060).

Desta forma, quem for para Suape terá, obrigatoriamente, de pagar pedágio a partir da semana que vem. O pagamento para quem pegar a nova rota será cobrado de forma unidirecional. Ou seja, apenas uma vez, somente ao entrar no sistema, permitindo o acesso a todo o complexo viário. Quem for para o Litoral Sul e não quiser saber de pedágio deve continuar usando a PE-060.
No total, a concessão terá cinco praças de pedágio. A expectativa da Rota do Atlântico é de que quase toda a Via Expressa seja entregue até o fim de janeiro. Vão entrar em operação o complexo de 4 quilômetros com cinco viadutos e 14 alças de acesso próximo ao Hospital Dom Hélder Câmara, os 8 quilômetros do chamado Contorno do Cabo, até a PE-028, e os 5,5 quilômetros entre a Curva do Boi e a PE-038, no distrito de Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca.

Apenas o acesso à Ilha de Cocaia, com cerca de 13 quilômetros, ficará para o final do primeiro semestre de 2014. Esta será a ligação para o polo naval de Suape.

Na comparação com o percurso feito pela PE-060, iniciado nas imediações do Hospital Dom Helder Câmara, o trajeto para as praias do Litoral Sul será reduzido em 8,4 quilômetros. Segundo a concessionária, isso representa uma economia de 30% no percurso e de 20 minutos no tempo gasto. A conta considera, naturalmente, a velocidade permitida de 100 Km/h.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui