OPERAÇÃO: Ação da Superintendência Regional do Trabalho de Goiás realiza, nesta quinta-feira (26), no km 192 da BR-364, em Jataí (GO), na base da PRF, a Operação “Saúde e Segurança do Trabalho nas Estradas Salvam Vidas”. A ação, que será realizada entre 8h e 13h, tem a parceria de instituições públicas e privadas. Fotos: Divulgação

Iniciativa da Superintendência Regional do Trabalho de Goiás faz parte da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes (CANPAT 2022) do Ministério do Trabalho e Previdência e das ações do Maio Amarelo, com o objetivo de reduzir os acidentes envolvendo motoristas profissionais

A quantidade e gravidade dos acidentes (sinistros) de trabalho no trânsito envolvendo motoristas profissionais levou a Superintendência Regional do Trabalho de Goiás a realizar, nesta quinta-feira (26), no km 192 da BR-364, em Jataí (GO), na base da PRF, a Operação “Saúde e Segurança do Trabalho nas Estradas Salvam Vidas”. A ação, que será realizada entre 8h e 13h, tem a parceria de instituições públicas e privadas.

De acordo com a Auditoria Fiscal do Trabalho da Coordenação de Transportes da SRTb-GO da Superintendência Regional do Trabalho em Goiás (SRTb-GO), a operação será feita em conjunto com Secretaria de Estado da Saúde (SESGO) por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde (SUVISA), Hospital Estadual de Jataí – Dr. Serafim de Carvalho (HEJ Jataí), Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Polícia Rodoviária Federal (PRF), concessionária Ecovias do Cerrado e entidades apoiadoras não governamentais.

As ações integradas de saúde e segurança do trabalho que serão executadas fazem parte da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes (CANPAT 2022) do Ministério do Trabalho e Previdência e das ações do Maio Amarelo que objetivam reduzir os acidentes do trabalho no trânsito e os acidentes de trânsito, respectivamente, envolvendo motoristas profissionais.

INFRAESTRUTURA: Tudo pronto para a Operação “Saúde e Segurança do Trabalho nas Estradas Salvam Vidas”, nesta quinta-feira (26), no km 192 da BR-364, em Jataí (GO), na base da PRF, que acontece entre 8h e 13h

Durante a Operação, serão prestados serviços públicos aos motoristas profissionais do transporte rodoviário de carga, a saber:

  • 1 – atuação fiscal da Auditoria do Trabalho nas empresas transportadoras abordadas com ênfase na saúde ocupacional dos motoristas (Programa de Gerenciamento de Riscos e Gerenciamento de Riscos Ocupacionais PGR/GRO), na jornada de trabalho, manutenção dos veículos. Problemas de saúde associados e/ou decorrentes do excesso de jornada de trabalho (exemplo: fadiga, privação do sono, consumo de álcool e drogas ilícitas) potencializam os riscos de acidentes do trabalho e os acidentes de trânsito envolvendo motoristas profissionais; atuação relativa ao excesso de jornada de trabalho associada ao excesso de peso e de velocidade, à remuneração por produtividade que aumenta os riscos de acidentes do trabalho nas estradas;
  • 2. atuação da Secretaria de Estado da Saúde por meio da SUVISA na aferição de pressão arterial, testagem de glicemia, aferição de peso e altura, teste de Covid-19, teste rápido de ISTs, testagem e vacinação contra o coronavírus e influenza; orientações sobre saúde do trabalhador, a importância de hábitos saudáveis (alimentação, atividade física, não uso de tabaco), e sobre os diversos fatores de risco para ocorrência dos acidentes de trânsito, a exemplo da sobrecarga de trabalho e metas. Os trabalhadores também receberão orientações sobre prevenção de IST/AIDS com distribuição de preservativos e testes. Problemas de saúde como vertigem ou mal-estar, em decorrência da elevação da glicemia e da pressão arterial, podem provocar acidentes;
  • 3. atuação do Hospital Estadual de Jataí – Dr. Serafim de Carvalho (HEJ Jataí) com um médico, um enfermeiro, dois nutricionistas, apoio na testagem HIV. O HEJ é o hospital de referência do Operativo, caso o motorista abordado apresente alteração importante de pressão arterial, glicose ou outra condição que compromete a sua segurança e a segurança viária será encaminhado para atendimento. O HEJ também será a referência para acidentes com material biológico.
  • 4. atuação do Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte – Sest/Senat em mais uma ação do Maio Amarelo tem o objetivo de promover a redução de sinistros por meio da educação e da qualificação profissional, de mostrar o papel de cada um por um trânsito mais seguro para todos os usuários do sistema rodoviário;
  • 5. atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de execução, promoção e participação em atividades que garantam a segurança viária, bem como participar de ações de prevenção de acidentes de trânsito;
  • 6. atuação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) de garantia da segurança do serviço de transporte rodoviário de carga e passageiros; participação em atividades de promoção do trânsito seguro.
  • 7. atuação da Ecovias do Cerrado de garantia de estruturas físicas sanitárias, equipe de resgate e remoção (ambulância) para a execução do Operativo em pista;
APOIO: Segundo a auditora fiscal do Trabalho, Jacqueline Carrijo, à esquerda, a ação contará com o apoio de empresas privadas e órgãos públicos, entre eles a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria de Estado da Saúde (SESGO), Sest/Senat e ANTT, entre outros.

Em Goiás, a execução permanente de auditorias fiscais do trabalho no setor de transportes, com a fiscalização e identificação de fatores de risco ocupacional (jornada de trabalho perigosa, inexistência ou ineficiência de manutenção de veículos, estradas sem condições  seguras de trafegabilidade, com poucos locais seguros para alimentação e repouso); de programas como o Programa Vida no Trânsito, com a identificação dos fatores de risco principais e grupos de vítimas (vulneráveis) mais importantes nas cidades; de campanhas e ações do setor público e privado direcionadas têm efeito positivo para a redução de acidentes no trânsito. Contudo, o número de acidentes no trânsito é elevado, com grandes impactos na saúde e segurança pública, no erário, e especialmente nas famílias.

As ações integradas de saúde, segurança e educação para a redução de acidentes de trânsito objetivam avaliar as condições de saúde dos motoristas profissionais, auditar os programas de saúde ocupacional das empresas transportadoras, sensibilizar os motoristas quanto à importância da relação entre a saúde, a segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui