FECHADA: A ponte sobre o Rio Vermelho, na BR-163, em Rondonópolis (MT) está totalmente bloqueada, desde às 6h deste sábado e ficará fechada por tempo indeterminado. Foto: Divulgação

De acordo com a Rota do Oeste, tráfego na BR-364/163 será interrompido no sentido Sul, com o fluxo sendo desviado para a pista contrária

A ponte sobre o rio Vermelho, em Rondonópolis (MT), no Km 202 da BR-364/163, está com a pista sul (sentido Mato Grosso do Sul) totalmente interditada desde às 6h deste sábado (15) por período indeterminado, de acordo com a concessionária Rota do Oeste, responsável pela rodovia.

Ainda de acordo com a empresa, a medida preventiva é necessária para que a seja feita a manutenção em um dos pilares da estrutura, que apresentou danos, conforme laudo do último monitoramento realizado.

Mão dupla

Segundo a concessionária, o tráfego da pista Norte passa a funcionar em mão dupla neste trecho. Em junho deste ano foi inciada a recuperação da ponte. Diante da idade da estrutura – 67 anos – a empresa ampliou a inspeção por meio de monitoramento subaquático, seguindo os mesmos moldes adotados em plataformas de petróleo ou portos.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a ponte sobre o Rio Vermelho foi construída em 1953 em substituição à ponte de madeira que foi levada por uma enchente. Esta é uma das pontes mais antigas do trecho sob concessão da BR-163.

Reforço na sinalização

De acordo com a Rota do Oeste, o fechamento da pista sul foi efetuado com o reforço na sinalização em toda a região, indicando o direcionamento do fluxo de veículos para a faixa norte, que segue o mesmo modelo implantado em julho deste ano para atividade de inspeção estrutural com uso de guincho.

Ainda segundo a empresa, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no apoio dos serviços orientando os motoristas, que devem respeitar a sinalização e seguir as orientações repassadas no local. Mias informações no site da empresa ou 0800 065 0163.

Um pouco da história

A Ponte sobre o Rio Vermelho, ou Poguba, atual Ponte Aroldo Marmo de Souza, foi construída em 1953 em substituição à antiga ponte feita de madeira, que foi arrancada pelas enchentes.

ANOS 50: Imagem da época em que a ponte fora construída. Foto: Arquivo/IBGE

A estrutura da Poguba foi feita de concreto armado, com 137 metros de comprimento e 8,20 de largura; tem uma capacidade de carga de 24 toneladas.

Atualmente, a ponte tem extensão de 183,75 metros e 12,80 metros de largura. Em 2016, com a última obra de prolongamento da ponte, a nova ponte recebeu oficialmente o nome de “Aroldo Marmo de Souza”, por indicação de um projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal de autoria do vereador Ibrahim Zaher. Aroldo Marmo é o fundador do jornal local de Rondonópolis e faleceu em 19 de setembro de 1980, em um trágico acidente aéreo na cidade de Paranatinga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui