FRUSTOU: A PRF frustou o roubo de uma carga na BR-101, em São Miguel dos Campos (AL). Foto: Divulgaçao

O motorista que havia sido amarrado pelos criminosos foi resgatado. Um homem, que dava cobertura ao roubo, foi preso

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) abortou na madrugada desse sábado (28) na BR-101, em São Miguel dos Campos (AL), um roubo de carga que havia sido iniciado.

De acordo com os agentes federais faziam rondas pela rodovia quando avistaram uma movimentação estranha no pátio de um posto de combustível e decidiram parar no local. Um homem, que dava cobertura ao assalto, foi preso e o motorista que estava amarrado foi resgatado pela PRF.

De acordo com a PRF, por volta da meia-noite, quando policiais rodoviários federais faziam patrulhamento pela BR-101 e visualizaram um homem em atitude suspeita no pátio de um posto de combustível.

Ainda de acordo com a PRF, ele estava em um Honda Civic, placa de Cedro (PE), e ao visualizar a viatura policial mostrou bastante nervosismo. Durante entrevista, o homem dizia estar aguardando dois amigos para seguir viagem e por várias vezes entrava em contradição.

De acordo com os policiais, ao fazer consultas, foi constatado que o abordado já havia sido preso pela PRF por porte ilegal de arma de fogo e por utilizar equipamento bloqueador de sinais de rastreamento.

Ele acabou confessando que havia retirado uma tornozeleira eletrônica decorrente de liberdade condicional pelo envolvimento na prática desses ilícitos. Enquanto os agentes faziam as consultas, o homem por diversas vezes mandava áudios pelo WhatsApp enfatizando que havia sido abordado pela PRF.

Na sequência, os agentes perceberam uma movimentação estranha nos fundos do posto e foram averiguar o que estava acontecendo. Encontraram o vidro da janela de um caminhão quebrado e funcionários do estabelecimento desamarrando um homem.

De acordo com a PRF, o caminhoneiro, muito nervoso e emocionado, alegou que estava pernoitando no local, quando foi rendido por dois homens armados. Eles o amarraram e pediram pra ele ficar calmo, pois iriam sair dali e seu interesse era apenas na carga do caminhão – absorventes e fraldas avaliados em R$ 145 mil.

Segundo a PRF, a vítima disse que os assaltantes receberam audios pelo celular, perceberam a presença da PRF no local e desistiram de cometer o ilícito, levando apenas R$ 342 que ele tinha. Ele a todo momento agradecia aos policiais por estarem ali e salvarem sua vida.

Logo os policiais relacionaram as atitudes suspeitas do condutor do Honda Civic ao crime. Ele servia de olheiro e dava cobertura ao assalto. Dessa forma, o homem, de 39 anos, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de São Miguel dos Campos para prestar esclarecimentos sobre o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui