LEI SECA: A PRF de Alagoas flagrou 22 motoristas dirigindo sob o efeito do álcool nas rodovias federais do estado. Sete deles foram presos. Foto: Divulgação

Prisões foram entre a sexta-feira (27) e o domingo (29), nas BRs 101, 316 e 423

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou, durante o fim de semana, 20 condutores dirigindo embriagados nas rodovias federais que cortam Alagoas. Sete deles estavam com índice de álcool no organismo acima de 0,30mg/l e foram presos. Um dos presos chegou a colidir com a viatura de duas rodas da PRF, deixando um policial ferido. Os flagrantes iniciaram na noite da sexta-feira (27).

Flagrantes na sexta (27)

Passava das 22 horas, quando os policiais faziam o patrulhamento da BR-316, em Santana do Ipanema, e foram surpreendidos pela ultrapassagem proibida de um VW Amarok, de cor prata. O veículo vinha em sentido contrário ao da viatura e a ação rápida do policial de ir pro acostamento evitou uma colisão frontal.

Após o susto, os policiais decidiram fazer a abordagem do carro. O condutor, de 46 anos, apresentava sinais claros de embriaguez, confessou que estava bebendo com o passageiro do veículo em um bar da região, mas se negou a soprar o etilômetro. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Ocorrências no sábado (28)

O primeiro flagrante do sábado (28) ocorreu após o meio dia. A PRF foi acionada para atender um acidente envolvendo três veículos na BR-316, em Satuba. No local, averiguaram que os ferimentos dos envolvidos eram leves. Ao fiscalizar os condutores, os policiais constataram que um deles havia bebido antes de dirigir. O teste de etilômetro resultou em 0,30mg/l de álcool em seu organismo. O motorista do caminhão Volvo, de cor branca, não foi o causador do acidente, mas foi preso por dirigir embriagado.

O segundo flagrante de alcoolemia ao volante do sábado também acabou se relacionando com um acidente. Dessa vez o condutor embriagado colidiu numa viatura de duas rodas da PRF, deixando um policial ferido. O caso aconteceu na BR-423, em Águas Belas (PE), trecho fiscalizado pela PRF de Alagoas.

Eram quase 15 horas quando motociclistas da PRF fiscalizavam trecho da BR 423. Eles foram surpreendidos por uma CG/150 Fan, de cor preta, que vinha em sentido contrário de direção efetuando manobras arriscadas, e que acabou colidindo com a viatura duas rodas da PRF. Os policiais observaram que o homem nem conseguia se manter em pé e que apresentava odor etílico, fala embargada e olhos vermelhos. O teste de etilômetro resultou em 1,18 mg/l de álcool em seu organismo, quase 4x superior ao que é considerado crime pelo Código de Trânsito Brasileiro. O policial envolvido no acidente teve um corte na perna, enquanto o condutor embriagado saiu ileso. O homem, de 20 anos, não tinha permissão para dirigir. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Garanhuns/PE.

Prisões no domingo (29)

As últimas quatro prisões por alcoolemia do fim de semana aconteceram no domingo (29). A primeira delas, ainda de manhã, se deu na BR 101, em São Miguel dos Campos. Passava das 9h30, quando os agentes federais abordaram um Vw/Polo, de cor prata. O condutor apresentava sinais visíveis de embriaguez e o teste de etilômetro confirmou a suspeita dos policiais, resultando em 0,43mg/l. O homem, de 34 anos, foi preso e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Já a tarde, por volta das 17horas, outra equipe policial fiscalizava trecho da BR 316, em Satuba. Eles abordaram um motociclista numa Honda Cg/125 Fan, de cor preta. Ao realizar o bafômetro no condutor, constataram que ele havia bebido antes de dirigir. O teste de etilômetro resultou em 0,75 mg/l. O homem, de 37 anos, foi preso.

Poucos minutos depois, a equipe policial recebeu denúncias de que um veículo trafegava pela mesma rodovia em zigue-zague, realizando manobras arriscadas. Os policiais foram ao encontro do GM/Celta, de cor preta, e deram ordem de parada ao condutor, mas esse seguiu em alta velocidade pela via, tentando fugir da fiscalização. Alguns quilômetros depois, os policiais conseguiram abortar a fuga do condutor e comprovar através do teste de etilômetro que ele conduzia veículo automotor sob efeito de álcool. Seu teste resultou em 0,95 mg/l e ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes em Maceió.

A última ocorrência se deu por volta das 21h30, na BR 101, em São Miguel dos Campos. A PRF abordou um GM/ Onix,de cor vermelha, e notou que o seu condutor apresentava odor etílico. O condutor realizou o teste de bafômetro e confirmou a suspeita dos policiais: o resultado deu 0,39 mg/l de álcool em seu organismo. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Para o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o índice de 0,30mg/l no organismo do condutor já é suficiente para enquadrar a conduta como crime de trânsito. Além de ser preso, o motorista terá de pagar pela multa de R$ 2.934,70, acumulará sete pontos na carteira de habilitação e poderá ter seu direito de dirigir suspenso por 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui