FLAGRANTE: PRF detém 50 motoqueiros envolvidos em "rolezinho" na BR-407, em Petrolina (PE). Foto: Divulgação/PRF-PE

Flagrante ocorreu nesse domingo (30), quando o bando passava pela Ponte Presidente Dutra

Quarenta e três motocicletas foram recolhidas e mais de 50 pessoas foram detidas por suspeita de participação em um “rolezinho”, na BR-407, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o flagrante ocorreu na madrugada desse domingo (30), durante uma operação conjunta entre inspetores da Corporação, do 5⁰ Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), do 2⁰ Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE).

Os agentes receberam informações de que dezenas de pessoas se reuniram para cometer diversas infrações de trânsito, como direção perigosa, perturbar a circulação e participar na via de evento sem permissão. No momento em que o grupo passava pela Ponte Presidente Dutra, as equipes fizeram um cerco e conseguiram abordar os motoqueiros.

Os envolvidos foram autuados e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Petrolina (PE). Eles poderão responder pelos crimes de direção perigosa e associação criminosa, além de aliciamento de menores. Algumas motos também apresentavam sinais de adulteração.

Multas e crime

Segundo a PRF, a multa por promover evento em via pública sem permissão e por direção perigosa têm o mesmo valor, de R$2.934,70, além de prever a suspensão do direito de dirigir e apreensão do veículo.

A direção perigosa também é considerada crime, com pena prevista de seis meses a três anos de reclusão. Já o crime de associação criminosa prevê pena de 5 anos a 10 anos de reclusão e multa.