Na noite de ontem (1º/8), por volta das 19 horas, uma equipe da PRF recebeu informação sobre possível roubo a veículo de carga. Imediatamente iniciou-se deslocamento na BR-153, na tentativa de encontrar o veículo, o que foi identificado uma carreta com características semelhantes, na BR-080, próximo ao povoado de “Placa”.

Quando os policiais aproximaram para a abordagem, a equipe foi surpreendida com o desembarque abrupto de dois indivíduos, da carreta, que desceram efetuando disparos de arma de fogo em direção a equipe da PRF, que de imediato revidou, para cessar a agressão, efetuando disparos em direção aos infratores.

Os indivíduos embrenharam-se no mato, não sendo possível a captura dos mesmos. Ato contínuo de dentro da cabine do caminhão trator saiu o Sr. Manoel Pereira, dizendo que era vítima de roubo, identificando-se como motorista do caminhão.

Aos policiais declarou que seguia o fluxo na BR-153, sentido Goiânia/GO para Uruaçu/GO, quando nas proximidades do KM 195 foi abordado por um veículo GM Celta,  cor prata, e que dois indivíduos (um deles armados com uma pistola) desceram deste veículo e entraram no caminhão trator anunciando o roubo.

A atuação da equipe da PRF resultou na recuperação do conjunto de veículos já mencionados e no desencarceramento do motorista que se encontrava sob o poder dos criminosos. Dentro da cabine da carreta foi encontrada um equipamento “Jammer”, que é utilizado para o bloqueio de sinal de rastreamento dos veículos alvos dessas quadrilhas, deixado pelos bandidos.

A ocorrência continuou durante toda a madrugada, com a participação de policiais militares da região de Goianésia, estes interceptaram o veículo Celta, de apoio à ação criminosa, bem como também trocou tiros com os integrantes da quadrilha, que, segundo informações preliminares, pelo menos um deles fora alvejado, após disparar contra a guarnição da PM. As polícias Rodoviária Federal e Militar continuam nas buscas dos demais criminosos.

Fonte: www.prf.gov.br/agencia

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui