Um racha de motos provocou a morte de uma pessoa e deixou pelo menos 10 feridas na madrugada deste sábado na BR-101 em São José, na Grande Florianópolis. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), fugiu sem prestar socorro o motociclista responsável pela batida que matou um homem.

O acidente começou quando Tiago Henrique Caetano, que trafegava num Fiat Tempra no sentido Norte-Sul, perdeu o controle do veículo e bateu na mureta de proteção no acostamento no km 210, próximo ao viaduto do bairro Fazenda do Max. Após a colisão, o passageiro do carro, Altair Sibel, de 32 anos, desceu do veículo para verificar os estragos.

— Aí, no momento em que estava agachado para olhar alguma coisa, foi atingido na cabeça por uma das motos, que caiu na pista e provocou a queda das outras — explicou Leonardo Valgas, policial do Corpo de Motos da PRF.

Altair Sibel, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Como as motos (cinco foram identificadas pela PRF, a maioria do modelo Honda CG) estavam em alta velocidade e andando muito próximas, acabaram provocando uma “embolação”, depois da queda do motociclista que atingiu Altair.

No acidente, um segundo carro foi atingido na traseira por uma das motos. Quando a PRF chegou ao local, apenas um dos motociclistas continuava na rodovia.

Depois de receber informações pelo rádio, os policias descobriram que alguns dos envolvidos deram entrada no Hospital Regional de São José.

Entre caronas e motoristas, a PRF registrou pelo menos 10 feridos no acidente, oito lesões leves e duas graves. Os policiais dirigiram-se ao hospital e prenderam dois homens, que foram encaminhados à Central de Polícia da cidade.

— Várias testemunhas relataram para nós que viram as motos participavam de racha no momento da batida — acrescentou Valgas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui