Trecho duplicado da BR-101: são 34 quilômetros entre São Miguel dos Campos e Teotônio Vilela, em Alagoas. Foto: Divulgação/Alberto Ruy

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, inaugurou, na segunda-feira (25), mais um trecho duplicado da rodovia BR-101. Os 34 quilômetros localizados entre São Miguel dos Campos e Teotônio Vilela, em Alagoas.

As obras fazem parte do Lote 5 da duplicação no estado e abrangem 249 quilômetros. Com esta entrega, a rodovia completa 190 quilômetros duplicados e em operação no trecho alagoano.

“Estamos entregando, todo em pavimento rígido, mais um trecho da BR-101. Essa rodovia representa grande importância econômica, para o desenvolvimento do turismo, para o abastecimento e comércio regional e para o escoamento da produção agroindustrial, além de ser uma importante via de acesso aos portos e aeroportos da região”, afirmou o ministro.

Investimentos

Com R$ 1,8 bilhão de investimentos, as obras de duplicação na BR-101, em Alagoas, foram divididas em seis lotes, todos feitos em pavimento em concreto. Já foram totalmente concluídos os Lotes 2, 3, 6 e 7, que totalizam 156 km.

A última entrega foi em março de 2018, do Lote 3, em Rio Largo, com um trecho de 30 quilômetros, entre o município e a cidade de Joaquim Gomes, que formou um corredor duplicado da capital alagoana até Natal (RN).

O ministro também visitou obras do Lote 4, que estão em pleno andamento, com 30% de execução e previsão de entrega para o segundo semestre de 2020.

“Concluindo este segmento, serão mais 44 quilômetros e o estado de Alagoas terá acima de 90% da BR-101 duplicada”, comemorou Tarcísio.

Nordeste

No Nordeste, as obras de duplicação da BR-101 vão de Natal (RN) até Feira de Santana (BA). São 1.047,7 quilômetros, interligando 69 municípios, incluindo seis capitais, beneficiando diretamente mais de 15 milhões de pessoas.

Viaduto da PRF

Tarcísio ainda aproveitou a viagem para fazer uma visita técnica à obra de construção do viaduto da PRF, no entroncamento da BR-316 com a BR-104. Com recursos assegurados, a estrutura será concluída ainda este ano, eliminando o principal ponto crítico de acesso à região metropolitana de Maceió.

Obras

Durante o evento, o ministro também destacou os investimentos do governo para a aviação no estado, como o leilão do aeroporto de Maceió e os projetos para os aeroportos regionais, entre eles, o de Maragogi, Arapiraca e Penedo.

“São cidades importantes, tanto do ponto de vista turístico quanto do econômico, e que crescem a cada ano, então é fundamental que a gente avance nesse sentido”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui