As cinco rodovias que formam o Corredor Dom Pedro devem receber um fluxo de 598.992 veículos neste feriado de Páscoa, entre a próxima quinta-feira, dia 2 de abril, e o domingo, dia 5. Os dados são da área de Operações da Concessionária Rota das Bandeiras. A estimativa é 25% inferior em relação ao feriado de Páscoa do ano passado. Na ocasião, foram cinco dias de operação nas estradas, um dia a mais do que a deste ano, já que o feriado religioso caiu próximo ao de Tiradentes.

A rodovia D. Pedro I (SP-065), que liga a região de Campinas ao Vale do Paraíba, litoral norte e Rio de Janeiro, deverá concentrar 68% deste total, com expectativa de receber 412.167 veículos.

Pela rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), que vai de Campinas a Mogi Guaçu, devem passar 98.232 veículos. Já a expectativa de fluxo para a Eng. Constâncio Cintra (SP-360), que liga Itatiba a Jundiaí, é de 62.550. A rodovia Romildo Prado (SP-063), que liga Louveira a Itatiba, deve receber tráfego de 26.038 veículos.

Ao longo do feriado, a Concessionária reforçará as equipes de inspeção de tráfego e também o atendimento das praças de pedágio. As viaturas operacionais, como guinchos e ambulâncias, serão posicionadas em pontos estratégicos do Corredor Dom Pedro.

Segundo o gestor de Tráfego da Concessionária, José Carlos Guimarães, o maior volume de trânsito na saída do feriado deve ser registrado entre as 18h e 21h de quinta-feira, dia 2, e das 8h às 11h de sexta-feira, dia 3. Na volta, o pico deve acontecer das 17h às 21h de domingo, dia 5. A orientação é para que o motorista realize a manutenção do veículo e evite horários de pico.

Fonte: Rota das Bandeiras

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui