SAU: Usuários das rodovias BR-364/BR-365, entre Jatai (GO) e Delta (MG), passam a contar, a partir desta terça-feira (1º/9), com o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU). Fotos: Divulgação

De acordo com a Ecovias do Cerrado, usuários passam a ter socorro médico, mecânico e pontos de apoio, entre outros benefícios; basta ligar 0800 0364 365

Começou nesta terça-feira (1º/9) o atendimento ao usuário das rodovias BR-364/365, entre Jataí (GO) e Delta (MG), por meio do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), implantado pela concessionária Ecovias do Cerrado.

De acordo com a empresa, a partir de agora, os motoristas podem viajar com mais segurança e comodidade, pois caso necessitem, vão encontrar socorro médico ou mecânico durante seu percurso.

Segundo a Ecovias do Cerrado, o início das atividades do SAU, nos 437 quilômetros de extensão, foram antecipadas em 50 dias do prazo estipulado em contrato. Na manhã desta terça, representantes do Ministério de Infraestrutura (MInfra), da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Goiás e Minas Gerais, e lideranças do Grupo EcoRodovias estiveram presentes à cerimônia oficial.

Estrutura

De acordo com a Ecovias do Cerrado, a estrutura à disposição dos usuários conta com socorro médico e mecânico, inspeção de tráfego por viaturas, videomonitoramento por câmeras, além de nove unidades de apoio ao viajante, com banheiro, fraldário, área para descanso e serviços de informações. Tudo isso funciona 24h, diariamente, e pode ser acionado pelo 0800 0364 365.

Para o gerente de Atendimento ao Usuário da concessionária, Anderson Finco, acabaram as dificuldades dos usuários que circulavam pela BR-364 e BR-365. “Nosso pessoal em atividade está pronto para resolver problemas, mitigar pontos de atenção e atuar com olhos criteriosos a cada adversidade que possa ocorrer”, frisou.

SAU: Usuários das rodovias BR-364/BR-365, entre Jatai (GO) e Delta (MG), passam a contar, a partir desta terça-feira (1º/9), com o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU). Fotos: Divulgação

Monitoramento por câmeras

Além do atendimento nas pista, os usuários terão também um sistema de videomonitoramento por câmeras (feito durante 24h) e por viaturas de inspeção, que passam a percorrer toda a via para vistoriar e controlar o fluxo. E ainda terão os Painéis de Mensagem Variáveis (PMVs) que alertarão sobre qualquer instabilidade na via.

Com tecnologia de última geração, o Centro de Controle de Operação (CCO) da Ecovias do Cerrado acompanhará em tempo real as ocorrências na via para dimensionar e tornar disponíveis, com mais rapidez, os recursos de auxílio aos motoristas por meio do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), composto por 189 profissionais especializados e 24 veículos operacionais, com 9 ambulâncias, 3 guinchos leves, 3 guinchos pesados, 5 viaturas de inspeção, 2 caminhões-pipas para combate a focos de incêndios, 2 caminhões-boiadeiros para resgate de animais, além de outros 5 veículos reservas.

Segundo o chefe da 5ª delegacia da PRF em Jataí, inspetor Maycol Brito Barbosa, os benefícios que a operação trará são indiscutíveis. “O serviço se inicia em um trecho que antes tinha muita carência. Com a operação da Ecovias do Cerrado, o usuário circulará por um trecho monitorado e com estrutura em situação de emergências. “Isso facilita para a PRF também, pois permite que possamos dar uma resposta mais rápida, atuar de forma mais precisa, para atender a um acidente ou abordar um veículo suspeito detectado pelo videomonitoramento”, disse.

Bases do SAU oferecem informações

Poder ir e voltar com conforto e segurança faz parte dos desejos de todo motorista e passageiro. Por isso, os SAUs são pontos de apoio com os quais o usuário que passa pela BR-364/365 pode contar.

24 HORAS:

Os SAUs estão distribuídos a cada 50 quilômetros, aproximadamente, e oferecem fraldário, banheiros, bebedouros, áreas para descanso, além de serviço de informações, que podem ser solicitadas por meio de totens de autoatendimento ou por ligação para o 0800 0364 365. Aliados a esses serviços, estão as equipes responsáveis pelos atendimentos médicos e mecânicos ao longo da rodovia.

Com informações da Assessoria de imprensa da Ecovias do Cerrado

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui