Cabines de caminhão nos EUA
Caminhoneiro precisa de condições mínimas para dormir e seguir com segurança

Cabine de caminhão não pode ser considerado espaço para carga

Depois de tantas paralisações dos caminhoneiros, a sociedade passou a entender a importância desta categoria para o desenvolvimento do país. Ao mesmo tempo, também conheceu as condições precárias em que vivem esses brasileiros.

A maioria das pessoas esquecem que os caminhoneiros passam boa parte da sua vida na boléia do caminhão. Quando param para descansar, sua casa é a minúscula cabine. Embora alguns modelos ofereçam condições mais decentes, ainda estão longe do espaço mínimo obrigatório por lei nos EUA desde 1953.

Fadiga por excesso de jornada e condições precárias de sono

A fadiga é responsável por 20% dos acidentes nas rodovias e 30% das mortes. Quando o condutor cochila no volante ele não reage. Sai da pista, capota, colide na velocidade em que estiver. Logo a gravidade do acidente é maior e muitos acidentes com caminhoneiros ocorrem por cansaço. Dormem ao volante.

Acidentes com caminhões provocam muitas mortes

Em 2019 foram pagas pelo DPVAT , 4.591 indenizações morte em acidentes envolvendo caminhões e 6.347 por invalidez permanente. Num estudo que realizamos com 363 acidentes envolvendo um caminhão e um automóvel, morreram 17 ocupantes de caminhão e 605 nos automóveis. Portanto, melhorar as condições de sono dos caminhoneiros interessa a toda sociedade.

Por isso, estamos finalizando um Projeto de Lei que será apresentado no Congresso cujo foco é estabelecer um tamanho mínimo da cabine dos caminhões.

Nos EUA há quase 70 anos existe regulamentação que prevê espaço mínimo. Aqui a legislação considera o tamanho do conjunto, cavalo mecânico e carreta.Consequentemente, quanto maior a cabine, menor o espaço para a carga.

Queremos desvincular o chamado cavalo mecânico, onde está a cabine, da carreta. Lugar para carga é uma coisa, o local onde o caminhoneiro dirige e dorme tem que oferecer condições mínimas de espaço, conforto e segurança.

Foto da cabine do caminhoneiro Valdecyr Munhoz
Uma cabine dessas já é considerada um luxo para a maioria dos caminhoneiros brasileiros

Naturalmente, que só nos próximos anos é que os caminhões deverão oferecer cabines maiores. Mas com certeza esse projeto vai estimular as montadoras a competirem para ver quem vai tratar o caminhoneiro brasileiro com o mínimo de dignidade para dormir, como os americanos já desfrutam desde 1953.

Rodolfo Rizzotto – Coordenador do SOS Estradas e Editor do Estradas.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui