NA MESMA: As tarifas dos pedágios da BR-163, no Mato Grosso, sob administração da Rota do Oeste estão mantidas nos mesmos valores, de acordo com a Deliberação 1.051/2019, publicada nessa sexta-feira (13), no Diário Oficial da União (DOU). Foto: Divulgação

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), concessionária Rota do Oeste conseguiu liminar que evita a redução

As tarifas das nove praças de pedágio na BR-163, da concessionária Rota do Oeste, no Mato Grosso, estão mantidas nos mesmos valores por meio da Deliberação ANTT nº 828, de 10 de outubro de 2018, publicada no D.O.U. de 17 de outubro de 2018, que aprovou a 3ª Revisão Ordinária, 6ª Revisão Extraordinária e o Reajuste da Tarifa Básica de Pedágio da Concessionária, na forma da tabela anexa, enquanto vigente a referida decisão judicial no Processo nº 1019784-14.2019.4.01.0000, que cancela a redução das tarifas, ora pleitada pela Agência. Tal decisão foi publicada no Diário Oficial da União dessa sexta-feira (13).

Veja os valores cobrados

PRAÇA

Tipo de Veículo

PASSEIO

COMERCIAL / EIXO

MOTOCICLETA

Itiquira

R$ 4,50

R$ 4,50

R$ 2,25

Rondonópolis

R$ 5,10

R$ 5,10

R$ 2,50

Campo Verde

R$ 4,10

R$ 4,10

R$ 2,00

Santo Antonio de Leverger

R$ 4,10

R$ 4,10

R$ 2,00

Jangada

R$ 5,50

R$ 5,50

R$ 2,75

Diamantino

 R$ 4,60

R$ 4,60

R$ 2,30

Nova Mutum

R$ 3,80

R$ 3,80

R$ 1,90

Lucas do Rio Verde

R$ 4,90

R$ 4,90

R$ 2,40

Sorriso

R$ 7,00

R$ 7,00

R$ 3,50

Confira aqui a localização das praças.

Pagamento eletrônico

As praças de pedágios da BR-163 estão equipadas para o recebimento eletrônico da tarifa, os chamados AVI’s. O sistema de Identificação Automática de Veículos (AVI) permite o pagamento automático de pedágios por meio de um pequeno aparelho de comunicação via rádio instalado no veículo, chamado de tag. Neste sistema, o usuário não precisa parar nas praças e pode escolher entre o pagamento pré ou pós-pago.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui