EXPORTAÇÃO: As versões Trendline e Highline chegam ao mercado boliviano no momento adequado, uma vez que o segmento de SUV representa 41% do total da indústria no País. Foto: Divulgação

De acordo com a montadora, modelo chega ao mercado boliviano, onde segmento de SUVs detém 41% do mercado

A Volkswagen dá início à exportação do T-Cross, produzido em São José dos Pinhais/PR, para o mercado boliviano. A Bolívia se une aos 18 países (Argentina, México, Chile, Colômbia, Equador, Peru, Paraguai, Uruguai, Curaçao, Rep. Dominicana, St Maarten, Costa Rica, Guatemala, El Salvador, Honduras, Panamá, Aruba e Bahamas) que já recebem o T-Cross. Lançado em 2019, o modelo já contabiliza mais de 26 mil unidades exportadas.

“O T-Cross é o primeiro SUV produzido pela Volkswagen no Brasil. Ele é fabricado a partir de uma matriz global com tecnologia de ponta e chegará à Bolívia para fortalecer e ampliar ainda mais a presença da marca nesse importante mercado da América Latina”, destaca Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

As versões Trendline e Highline chegam ao mercado boliviano no momento adequado, uma vez que o segmento de SUV representa 41% do total da indústria no País. A título de comparação, o segmento na região América Latina representa hoje 16% e tem projeção para alcançar 37% nos próximos cinco anos. “Estes dados demonstram que o T-Cross, que já é líder em vendas no Brasil e Argentina, tem todo o potencial para ser um sucesso na Bolívia. Temos a certeza de que ele será um dos modelos mais comercializados da marca Volkswagen”, destaca Di Si.

O SUV T-Cross é cool, prático, intuitivo e seguro. Cool porque traz um design exclusivo, próprio dos SUVs globais da marca Volkswagen. Muito prático para toda a família, graças à moderna matriz MQB no qual é produzido em São José dos Pinhais/PR e seu excelente espaço interno. O T-Cross é também o primeiro carro conectado da América Latina, com um sistema de infotainment extremamente intuitivo e fácil de usar. No quesito segurança, o T-Cross recebeu a nota mais alta nos testes Latin NCAP e é um dos veículos mais seguro de toda a região América Latina.

A comercialização do T-Cross, bem como os demais veículos da marca, será feita pelo importador Grupo Hansa, um importante parceiro da Volkswagen há 67 anos e um dos mais antigos do grupo de importação da região. “São quatro gerações trabalhando com a marca Volkswagen. Estamos muito felizes em poder trazer este lançamento para a Bolívia, temos certeza que ele será um grande sucesso”, afirma Sven Kyllmann, gerente geral do Grupo Hansa.

Maior exportadora de automóveis e comerciais leves do Brasil

A Volkswagen do Brasil soma atualmente mais de quatro milhões de unidades embarcadas. As exportações da empresa começaram em fevereiro de 1970 e, ao longo de sua história, a empresa já exportou para as Américas, África, Oriente Médio, Europa, África e Ásia.

Fonte: Assessoria de imprensa da VW do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui