A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou  a captação de empréstimo de R$ 965 milhões para os investimentos iniciais de conservação, recuperação e ampliação da BR-040/DF/GO/MG. A abertura de crédito será junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A rodovia está sob a responsabilidade da concessionária Via 040.

A empresa venceu o leilão do trecho, realizado em 27/12/2013, ao oferecer o valor da tarifa de pedágio de R$ 0,03225 por quilômetro. O deságio – diferença do valor máximo estabelecido no edital e o montante oferecido pela empresa vencedora da concessão – ficou em 61%.

A BR-040/DF/GO/MG faz parte da 3ª Etapa das concessões rodoviárias federais, integrante do Programa de Investimentos em Logística (PIL). O PIL objetiva o desenvolvimento acelerado e sustentável, por meio de uma ampla rede de infraestrutura com eficiência logística e modicidade tarifária.

Com essa autorização a ANTT repete o que já fez com outras concessionárias e revela uma forma de financiamento que passa sempre pelo dinheiro público. Ao que parece as concessionárias sempre obtém financiamento público para as obras, enquanto não tem faturamento com pedágio. Depois, com a receita do pedágio, pagam o empréstimo subsidiado do Governo. A diferença é que o dinheiro sai sempre do bolso do contribuinte via BNDES ou pedágio.

Fonte: Ascom – ANTT e Estradas.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui