Polícia Militar Rodoviária intensifica ação nas rodovias paulistas. Foto: Gilberto Marques

Em 2018, a Polícia Militar Rodoviária apreendeu 75 toneladas de drogas e prendeu 4.316 pessoas

Ainda há esperança. A notícia sobre a redução do número de acidentes e mortes, em 2018, num dos principais estados do Brasil, é digna de comemoração. Mostra que os esforços das autoridades ligadas ao trânsito; das entidades da sociedade civil, como SOS Estradas e Trânsito Amigo; representantes dos poderes legislativo; e da Frente Parlamentar do Trânsito Seguro não estão sendo em vão.

A Polícia Militar Rodoviária do estado de São Paulo divulgou nesta terça-feira (8), o balanço de acidentes nas rodovias paulistas em 2018. A boa notícia é que reduziu em 13,25% o total de acidentes e em 5,86% o número de mortes, se comparado com 2017.

Fiscalização foi intensificada para coibir os abusos de velocidade. Foto: Divulgação

Segundo o relatório, 2018 registrou 56.364 acidentes contra 64.972, em 2017; o número de mortes foi de 1.758, em 2017, para 1.655, em 2018. Os resultados são frutos da ação mais intensiva da Polícia Militar Rodoviária nas fiscalizações, especialmente quanto ao uso de cinto de segurança, excesso de velocidade e dirigir embriagado.

Mas, o número ainda é preocupante e toda e qualquer medida para a redução dos acidentes, bem como do número de feridos e de mortes é bem-vinda. O SOS Estradas – Programa de Segurança nas Estradas, e a entidade “Trânsito Amigo” está promovendo um concurso inédito que premiará usuários das rodovias e motoristas profissionais que derem sugestões simples mas práticas para a redução de acidentes e mortes nas estradas brasileiras. Para saber mais sobre o concurso, clique aqui.

Fiscalização e combate ao crime

De acordo com o relatório divulgado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), foram fiscalizados mais de 1,8 milhão de veículos, sendo que 366.539 condutores foram submetidos ao teste do bafômetro em 2018.

Os policiais rodoviários lavraram mais de 1,7 milhão de autos de infração e 24.405 motoristas foram autuados por dirigir sob efeito de álcool ou substâncias análogas. Desse total, 1.353 foram presos em flagrante por embriaguez ao volante.

A presença dos policiais rodoviários também contribui no combate direto à criminalidade. Durante as operações, 3.433 pessoas foram presas em flagrante por diversos crimes, além de prender 883 foragidos da Justiça.

Polícia Militar Rodoviária no combate à criminalidade nas estradas paulistas. Foto: Gilberto Marques

Além disso, os policiais rodoviários fizeram a apreensão de 75,3 toneladas de drogas, 295 armas ilegais e 26,6 milhões de maços de cigarros. O resultado mostrou que é preciso estar atento ao comportamento dos motoristas nas estradas, bem como em atitudes suspeitas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui