GM é acusada de adiar recall de falha que provocou 300 mortes nos EUAGM anuncia recall de 1,5 milhão de veículos nos EUA

A empresa também confirmou o recall de mais de 1,5 milhão de veículos. Tratam-se de utilitários esportivos mais recentes, sedãs de luxo e vans de tamanho normal, incluídos em três recalls separados. Apesar de relatos de incêndios no compartimento do motor em dois sedãs Cadillac XTS, a empresa disse que não recebeu relatos de acidentes ou lesões ligadas aos três novos recalls.

A GM enfrenta a acusação de que teria conhecimento de falha mecânica em seus automóveis há anos. A demora em tomar providências teria acarretado cerca de 300 mortes, acusam advogados de vítimas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui