SIMULADO: ANTT e Arteris Litoral Sul realizam nesta quinta (12), simulado de acidente na BR-376, em Guaratuba(PR). Foto: Divulgação

De acordo a concessionária, a nova área de escape foi construída no âmbito da concessão regulada pela ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a concessionária Arteris Litoral Sul realizaram, na quinta-feira (12), uma série de testes com simulação de entrada de veículos na nova área de escape, do km 667,3 da BR-376, em Guaratuba (PR).

Os testes foram realizados por pilotos profissionais na condução de dois veículos, uma carreta seis eixos com carga de 48 toneladas (peso bruto total) e um caminhão três eixos com 23 toneladas (peso bruto total), em diferentes velocidades.

De acordo com a ANTT, a atividade foi acompanhada por engenheiros do Departamento de Engenharia de Transportes da Universidade de São Paulo (USP) – unidade de São Carlos, que devem produzir um relatório com registro detalhado da relação entre velocidade de entrada, peso dos veículos e distância de frenagem.

Segundo os organizadores, a ação realizada na quinta, envolveu testes de entrada na área com um caminhão Truck de três eixos, com peso total de 23 toneladas (carga de prova/lastros de ferro). Os testes, da mesma forma, foram realizados em seis etapas com velocidades de 60 km/h a 120 km/h.

Ainda de acordo com a ANTT e Litoral Sul, as atividades de testes tiveram mínimo impacto no trânsito, apenas com bloqueio momentâneo da pista sul no km 662 para descida dos veículos na simulação.

De acordo com a concessionária, a nova área de escape foi construída no âmbito da concessão regulada pela ANTT, com investimento de aproximadamente R$ 20 milhões. A nova área foi liberada para operação no dia 14/11. Em menos de um mês, já foi utilizada por três caminhões e um ônibus – este com 35 pessoas a bordo.

Para a coordenadora de Infraestrutura Rodoviária da ANTT no Paraná e em São Paulo, Walquiria Fujii, o objetivo do dispositivo é conter, de modo seguro, veículos pesados que apresentem problemas mecânicos na descida da Serra do Mar, e, assim evitar acidentes, como colisões e tombamentos.

“Com pouco tempo de abertura ao tráfego, a área de escape já proporcionou o salvamento de vidas. Se não houvesse a área de escape aprovada pela ANTT naquela posição, os caminhões ou o ônibus teriam colidido com os veículos que estavam à frente. Devido ao dispositivo, não houve nenhuma vítima”, relata Fujii.

Concessão

A ANTT, criada em 2001, regula e fiscaliza a exploração de infraestrutura e prestação de serviços de transporte terrestre, inclusive contratos já celebrados antes da sua criação, resguardando os direitos das partes e o equilíbrio econômico-financeiro dos respectivos acordos.

Com 405,94 quilômetros de extensão, a BR-116/376/PR e BR-101/SC foram concedidas para iniciativa privada com o objetivo de exploração da infraestrutura, em 18 de fevereiro de 2008, pelo período de 25 anos. A licitação fez parte da 2ª etapa do programa de concessões rodoviárias.

Serviço:

O quê: Simulado com testes de entrada na nova Área de Escape;

Quando: Quinta-feira (12)

Onde: Km 667,3 da pista Sul da BR-376 em Guaratuba-PR

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui