Na Rede Sarah, especializada em reabilitação, 47% dos leitos são ocupados por vítimas de trânsito

Na avaliação do Coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto, o Presidente Bolsonaro pode retirar seu projeto de Lei que altera o Código de Trânsito, que foi comemorado pelos motoristas infratores, e apresentar uma nova versão com foco na preservação da vida. Basta fazer uma visita ao hospital Sarah Kubitschek em Brasília, especializado em reabilitação, onde 47% dos leitos são ocupados por vítimas de acidentes de trânsito. Isso permitirá ao presidente entender a dimensão do problema e as consequências do projeto apresentado. Ouça o comentário abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui